Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Review do set 31018 - Highway Cruiser

por baixinho, em 21.09.14

Referência: 31018
Nome: Highway Cruiser
Tema: Creator
Ano de Edição: 2014
Número de Peças: 129
Preço LEGO®: €9.99
Preço por peça: 7,7 cêntimos
Instruções: Sim, três livros +- A6 com 56, 52 e 40 páginas.
Autocolantes: Não
Minifigs: Não
Modelos alternativos: Sim
Lista de peças: Sim, no final de um dos livros de instruções.

 

 
As peças
5/10
Apesar de ter um PPP baixo, a quantidade de peças technic é bastante alta, sensivelmente metade do nº de peças que o conjunto contém. As restantes peças system são comuns e com uma variedade interessante ao que toca em brackets e peças Lime (para quem gosta :)).
Como vejo os conjuntos Creator como pontos de partida para construções originais, este não cumpre esse requisito visto que as peças technic tornam-se praticamente inúteis na maior parte das construções.

 31018 Highway Cruiser (7) by lbaixinho, on Flickr

A construção
5/10
Fiz os dois primeiros modelos o que tornou a construção entediante no segundo modelo, visto serem muito parecidos. Não arrisquei fazer o terceiro modelo que, numa análise rápida ao livro de instruções, me parecer pouco diferente dos anteriores.
A construção dos dois modelos tem algum SNOTwiki, mas a parte mais interessante é, sem dúvida alguma, a construção em technic do guiador e toda a estrutura que apoia a roda dianteira.

31018 Highway Cruiser (4) by lbaixinho, on Flickr

O desenho
8/10
Não sou propriamente apreciador de motorizadas, mas os modelos que construí parecem representar muito bem estes veículos. Claro que tendo em conta a habitual e aparente simplicidade dos modelos Creator bem como a necessidade de ter peças que fossem úteis para os três modelos.

31018 Highway Cruiser (5) by lbaixinho, on Flickr

Jogabilidade
7/10
Veículos de duas rodas devem ser interessantes para qualquer miúdo. Este(s) não deve(m) ser exceção, mesmo tendo em conta a escala não habitual para a LEGO. Talvez até dé para brincar com bonecos da Playmobil (não experimentei por não ter nenhum).

 31018 Highway Cruiser (8) by lbaixinho, on Flickr

Conclusão
6/10
Este é um conjunto LEGO que simplesmente não consigo aconselhar a compra. Como set Creator é fraco, visto que a utilidade de grande parte das peças é diminuta. Como modelo (e para apreciadores deste tipo de veículos) aconselharia mais depressa um conjunto (puramente) technic, mesmo não sendo a minha praia.

Mais imagens no Flickr

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:39

Os Mixels castanhos da segunda série

por baixinho, em 17.09.14
Mixels 41512 41513 41514 (1)

 

Em Lisboa adquiri os 3 Mixels castanhos da segunda série (41512, 41513 e 41514).

 

Mixels 41512 41513 41514 (2)

 

São muito porreiros de montar e possuem peças bastante interessante. Principalmente em três cores que gosto muito, Reddish Brown, Dark Brown e o Dark Orange que julgava ser uma cor perdida.

 

Mixels 41512 41513 41514 (3)

 

Não perdi muito tempo a desmontá-los e arrumar as peças. Fiquei admirado por ter poucas tiles e um pouco desiludido por algumas peças que estão em preto poderem ter vindo com uma das cores que citei acima. Ainda pensei em fazer um MOC com estas peças, mas não me saiu nada. A ver se faço qualquer coisa original, visto que este mês ainda não apresentei nada :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:25

Review do set 21109 - Exo Suit

por baixinho, em 09.08.14

Referência: 21109
Nome: Exo Suit
Tema: Ideas
Ano de Edição: 2014
Número de Peças: 321
Preço LEGO®: €34,49
Preço por peça: 10,7 cêntimos
Dados de compra: Shop@Home
Instruções: 1 livro de 88 páginas
Autocolantes: Não
Minifigs: Sim, 2
Modelos alternativos: Não
Lista de peças: Sim, no fim do livro de instruções


 
As peças
8/10
Desta vez começo pelas minifigs que, nesta cor, são exclusivas deste set. Há muito que os spacers sonhavam com minifigs espaciais em verde e o Mark Stafford não deixou de aproveitar esta oportunidade de presentear o pessoal. Valem por isso.
Em termos de peças, o PPPwiki parece demasiado alto para a quantidade de peças e para o tamanho médio delas. Aliás, a primeira impressão é que o volume das peças parece pequeno para o preço do set.
Há uma peça exclusiva (o 15395 em lbg que aposto irá sair noutros conjuntos em breve) e outras duas que apenas saem noutro conjunto (14769 em amarelo e o 2958 em lbg), as restantes são relativamente comuns. Todas as peças, inclusive as technic, podem ser consideradas muito úteis para construções que necessitem muito de greeblieswiki e pontos de articulação. No entanto a utilidade diminui imenso fora deste tema.


21109 Exo Suit (10)
by lbaixinho, on Flickr

A construção
10/10
A construção é simplesmente deliciosa. De saborear os vários momentos, mesmo tendo em conta que os membros são construídos em pares.
A primeira fase é a montagem das minifigs, base, barris e robô-tartaruga. De seguida é construído o torso, onde o SNOTwiki traseiro serve não só para abrilhantar uma zona que por norma é esquecida nos mechs da LEGO, mas também para dar uma estabilidade estrutural à zona. Os membros inferiores são montados em duplicado e apenas depois de se juntar ao torso é que são colocadas peças em espelho. Os braços são na sua maior parte montados em duplicados, ficando para o fim as garras que são montadas em espelho. No fim são acrescentados vários detalhes ao veículo.
Vale imenso não só pela técnicas, mas sim pela utilização de mil e uma peças pequenas em situações nada vulgares.


21109 Exo Suit (5)
by lbaixinho, on Flickr

O desenho
10/10
Por norma não aprecio construções onde o esqueleto technic apenas tem uma função estrutural e que depois desaparece debaixo de uma camada de peças system. Neste caso isso não acontece, visto que as peças technic também ajudam no aspeto final.
A quantidade e qualidade dos pormenores rementem-nos diretamente para os intricados MOCs que pululam a Internet. Dá a sensação que nada foi esquecido e que toda a peça foi pensada para fazer um efeito especial.
Existe alguma consternação em relação à utilização dos barris nos antebraços, no entanto acho que é um pormenor que se estranha e que depois se entranha. Fiquei mais descontente com o fato que o cotovelo tem uma articulação de mobilidade reduzida e não existe qualquer articulação no pulso. Aliás, acho que é mesmo no pulso que está uma das zonas mais frágeis do veículo.
No entanto nada disto atrapalha um aspeto que roça a perfeição.


21109 Exo Suit (9)
by lbaixinho, on Flickr

Jogabilidade
10/10
Dois minifigs (um deles apeado), um pequeno robô, um mech e.. aparentemente não há direito a qualquer inimigo. Aliás, o único armamento está na tartaruga. Mas depois de ver a minha filha a brincar com vários outros conjuntos, percebo que nem sempre é necessário o conflito, por vezes basta um bom conjunto que proporcione uma boa história para a brincadeira estar garantida.
O Exo-Suit convida a isso mesmo e a inclusão da segunda minifigura, da base e do robô-tartaruga confirma o valor na jogabilidade.

Outros
9/10
O livro e a caixa seguem as características dos conjuntos Architecture. O livro de instruções contém uma pequena introdução ao conjunto bem como uma pequena história. As instruções são acompanhadas por ocasionais imagens de detalhes do mech. O único senão é que não consigo gostar da imagem escolhida para o conjunto.


21109 Exo Suit (8)
by lbaixinho, on Flickr

Conclusão
9/10
Com certeza que este conjunto já ocupa um lugar na história da Comunidade AFOL. É o primeiro conjunto do projeto Cuusoo/Ideas que não é baseado num desenho pré-existente e além disso já praticamente fazia parte de um tema acarinhado por um grupo dentro da comunidade, o classic-space.
Não, não é perfeito. Provavelmente o principal defeito estará no preço que me parece elevado para o conjunto que é. No entanto é extremamente bonito e recheado de técnicas interessantes conseguindo ser bastante jogável e resistente. É também uma esperança para muita gente, a esperança que o tema LEGO Classic-Space retorne às prateleiras das lojas de brinquedos!

Mais imagens no Flickr

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:36

Review do set 70123 - Lion Legend Beast

por baixinho, em 19.07.14

Referência: 70123
Nome: Lion Legend Beast
Tema: Legends of Chima
Ano de Edição: 2014
Número de Peças: 120
Preço LEGO®: €9.99
Preço por peça: 8,3 cêntimos
Dados de compra: Toys ‘r’ Us
Instruções: Sim
Autocolantes: Sim
Minifigs: Sim, um
Modelos alternativos: Não
Lista de peças: Sim, final do livro de instruções.


 
As peças
9/10
Começo pela minifig. Não escondo que gosto muito da generalidade minifigs deste tema e esta não é excepção. A qualidade das impressões são irrepreensíveis principalmente no torso e o fato de ser um desenho in-house é uma qualidade para mim.
O PPPwiki é bastante interessante, com o bónus de conter várias peças que foram novidade este ano. Realço as slopes curvas em tan, dark-brown e light-bluish-grey e as novas peças de articulações.
Por fim noto que o modelo final até parece da linha Creator pela quantidade de peças que me parecem pertencer ao sortido básico.

70123 Lion Legend Beast (4) by lbaixinho, on Flickr

A construção
7/10
A construção é relativamente simples onde primeiro passo é a montagem do tronco, depois passa-se para os membros traseiros, dianteiros e por fim a cabeça. É mesmo na cabeça que poderá estar a parte mais interessante, tanto pela articulação da boca como pelo SNOTwiki da juba.

70123 Lion Legend Beast (7) by lbaixinho, on Flickr

O desenho
10/10
Pessoalmente acho que a nível de desenho, este conjunto roça a perfeição. O tronco pode ser a parte mais pobre do conjunto, mas os membros e a cabeça estão muito bem conseguidas e de uma forma bem simples. As novas articulações permitem uma grande variedade de posições tornando a besta bastante real. O esquema de cores é bom no entanto pergunto-me como ficaria se a cor predominante fosse o dark-tan.

Jogabilidade
8/10
Temos um herói com uma grande espada e um escudo “energético” montado num grande e belo animal. Para uma grande brincadeira apenas falta um oponente à altura.

70123 Lion Legend Beast (12) by lbaixinho, on Flickr

Conclusão
9/10
É um bom brinquedo de construção em termos de jogabilidade com um excelente animal brick-built (provavelmente dos melhor que já vi em LEGO). Em termos de peças, o preço é bom. O único problema é que uma pessoa tendo este, irá concerteza querer os restantes da série.

Mais imagens no Flickr

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:34

A Blocks Magazine

por baixinho, em 19.07.14

Durante o fim-de-semana passado consegui ler a Blocks Magazine quase toda.

 

A revista é sem dúvida um regalo para os entusiastas do hobby LEGO. Qualidade no papel, nas imagens e gostei do arranjo gráfico. Quanto aos artigos, há que destacar a variedade. Há reviews de vários sets (se calhar demasiados), há uma entrevista a um LEGO Designer, há um artigo sobre um evento, um glossário, um artigo sobre organização de peças, uma história resumida da empresa LEGO, alguns destaques a (grandes) MOCs através de entrevistas aos autores, artigos sobre dois temas, prédios modulares e Blacktron I, etc.

No entanto fiquei um pouco decepcionado, primeiro, quanto à escolha dos MOCs, onde se priveligiou sem dúvida o tamanho deles, e segundo, quanto à profundidade de alguns artigos.

 

A recepção da revista deve ter sido muito boa. Entretanto foi lançado o site da revista em http://www.blocksmag.com/ onde é revelado que a revista terá continuidade em edições mensais a partir de Outubro. A confiança é tanta que recebem assinaturas de 1 ou de 2 anos!

 

Com certeza que vou estar atento e comprar pelo menos algumas revista :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:48

BrickJournal número 27

por baixinho, em 12.07.14

Numa pequeno retiro num parque de campismo, sem tablets e com acesso limitado (auto-imposto) ao computador, aproveitei para por as leituras em dia quanto a revistas. Tinha em mão o BrickJournal nº 27 e a Blocks Magazine há já uns dias e ainda não tinha tido tempo para as ler com atenção.

Ontem peguei na BrickJournal nº 27 de fevereiro deste ano (portanto deve ter saído no final Janeiro) que dedica mais de metade das suas páginas ao concurso Iron Builder. O artigo principal é muito bom, apesar de pessoalmente achar que é demasiado extenso na secção das entrevistas. Gostei principalmente por me ter dado uma noção do que é o Iron Builder, curiosidade que já tinha há muito tempo mas nunca tive a pachorra para investigar.

Dos pouco artigos restantes, apenas li um que é sobre uma construção colaborativa. No final revelou-se desinteressante visto que não era bem o que esperava. Tem também um artigo sobre um grande MOC (o Joker's Funhouse) que devo ler num futuro próximo. Os habituais artigos com instruções de pequenos MOCs (ambos ligados ao Star Wars) e costumização de minifigs ficam completamente de fora das minhas intenções de leitura.

Há cerca de um ano que não lia uma BrickJournal. Parece-me que cada vez mais cada nº dedica a maior parte das suas páginas a um único tema, o que pode fazer com que não cative desde logo uma parte do público alvo.

Vou tentar continuar a comprar um nº ou outro, conforme as oportunidades visto que não se consegue arranjar tão facilmente na Europa. Neste número há mesmo um aviso que vai deixar de ser vendida nas LEGO Stores da Europa. Continuo a acreditar no trabalho do Joe Meno (que aliás é uma pessoa impecável) apesar de achar que está cada vez mais específico. Foi com certa preocupação que vi a quase inexistência de publicidade (fora a da própria editora) numa revista que acredito que tenha uma boa tiragem (ao contrário das publicações portuguesas, não encontrei a tiragem em lado algum).

Por fim há que dizer que a leitura da revista deu-me inspiração tanto para artigos na MOGazine como para um concurso na Comunidade 0937 :)

 

Agora vou para uma sombra continuar a ler a Blocks Magazine :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:43

Review do set 6271 - Imperial Flagship

por baixinho, em 27.06.14

Referência: 6271
Nome: Imperial Flagship
Tema: Pirates - Imperial Guards
Ano de Edição: 1992
Número de Peças: 317
Preço LEGO®: 50 dólares (na altura do lançamento)
Preço por peça: €XX,XX
Instruções: Sim, A4 com apenas 16 páginas.
Autocolantes: Não
Minifigs: Sim, 4
Modelos alternativos: Sim, na caixa e no livro de instruções
Lista de peças: Não


 
As peças
7/10
O PPPwiki alto, mesmo para a altura em que o set foi lançado, é facilmente explicável pela bússola magnética e pelos cascos, mastros e velas. Como era normal na época, a maior parte das peças são básicas e com uma variedade de cores reduzida, no entanto algumas peças próprias do tema fazem com que este set seja impecável para outras incursões no tema. No entanto o número reduzido de peças faz com que provavelmente sejam sempre necessárias outras peças para compor melhor as construções.
São quatro os minfigs, sendo que um deles (o Admiral) apenas aparece num outro conjunto.


6271 Imperial Flagship (2)
by lbaixinho, on Flickr

A construção
8/10
Para quem está habituado às instruções atuais é um choque deparar-se com estas instruções. Nas atuais em cada passo é assinalado as peças necessárias e que estas são sempre em nº reduzido. Nas instruções do 6271, além de estarem vários passos por página, a quantidade de peças em cada passo por vezes é surpreendente grande. Sem falar que não há saquetas numeradas nem nada que se pareça.
Fora isso, que sinceramente até torna a construção mais interessante e atenta num conjunto deste tamanho, a construção é relativamente simples. Existem alguns pontos interessantes como a construção do leme (mecanismo simples e funcional) e a construção dos mastros, mas a maior parte dos passos é simplesmente empilhar peças.


6271 Imperial Flagship (3)
by lbaixinho, on Flickr

O desenho
7/10
A primeira falha esta logo no nome do conjunto. Imperial Flagship indicaria o principal navio de uma armada, o que sem duvida alguma não poderá ser uma embarcação deste tamanho. Aliás, por norma as embarcações dos piratas eram mais pequenas que os maiores navios de uma armada.
Fora isto temos um design com pontos muito interessantes como os mastros e as velas, o formato geral do casco e alguns pequenos detalhes como a bússola magnética.
No entanto existem falhas a apontar, por exemplo não existe nenhuma escada para chegar à parte da popa e o interior é extremamente vazio. De apontar que não existe qualquer cabine.


6271 Imperial Flagship (4)
by lbaixinho, on Flickr

Jogabilidade
9/10
Os dois únicos fatores que poderão ser negativos na jogabilidade é que o conjunto não possui uma facção inimiga para potenciar o conflito e não tem um pequeno bote para, por exemplo, levar o baú do tesouro para uma ilha. No entanto a presença do marujo, que facilmente se torna num pirata, poderá minimizar um pouco a ausência de uma segunda facção.
De resto este barco preenche os principais requisitos para muitas e boas brincadeiras. As velas são fáceis de manejar, os dois canhões defendem o navio das incursões dos piratas, a roda do leme realmente vira o leme (de uma forma engenhosa e simples), o marujo pode subir ao mastro, a bússola realmente funciona, etc!


6271 Imperial Flagship (16)
by lbaixinho, on Flickr

Conclusão
8/10
Concerteza que não é um 6285 Black Seas Barracuda ou um 6286 Skull’s Eye Schoner, no entanto esta pequena embarcação reúne as principais características num preço bem mais comportável. Poderia ter muito mais detalhe, mas em termos de jogabilidade está quase no pleno.

Mais imagens no Flickr

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:01

Review do set 75053 - The Ghost

por baixinho, em 05.06.14

Referência: 75053
Nome: The Ghost
Tema: Star Wars
Ano de Edição: 75053
Número de Peças: 929
Preço LEGO®: €99,99
Preço por peça: 10,8 cêntimos
Instruções: Sim, dois livros A4
Autocolantes: Sim
Minifigs: Sim, 4
Modelos alternativos: Não
Lista de peças: Sim



Como o 75049 The Phantom, este é um conjunto baseado na série The Rebels que irá estrear no final deste ano. Estes dois sets podem ser utilizados em conjunto, visto que a The Phantom encaixa na traseira da The Ghost. Ficam aqui algumas imagens e hiper-ligações relativas a este conjunto:


The Ghost: http://starwars.wikia.com/wiki/Ghost_%28starship%29


Kanan Jarrus: http://starwars.wikia.com/wiki/Kanan_Jarrus


Zeb Orrelios: http://starwars.wikia.com/wiki/Zeb_Orrelios


Hera Syndulla: http://starwars.wikia.com/wiki/Hera_Syndulla

O conjunto dos dois sets incluem todas as personagens principais da The Ghost, execptuando a Sabine Wren (http://starwars.wikia.com/wiki/Sabine_Wren).
 
As peças
8/10
Um PPPwiki atraente para um tema licenciado, minifigs muito bem concebidas e uma variedade de peças interessante, faz com que este set seja muito aliciante a nível de peças. No entanto acho que a quantidade de peças technic é um ponto negativo na hora de utilizar as peças noutras construções. De notar que fora as minifigs e uma canópia impressa, apenas a interessante 86500 em smoke é exclusiva deste set.


75053 The Ghost (8)
by lbaixinho, on Flickr

A construção
7/10
A construção é dividida em 6 fases (saquetas). A primeira é dedicada à parte central da nave espacial, com o espaço para os interiores. As duas fases seguintes podem ser consideradas as mais aborrecidas visto que se centram na construção do esqueleto em technic. A partir da quarta fase a construção revela-se mais interessante devido às secções inclinadas. No entanto existem algumas partes que repetem ou com poucas variações.


75053 The Ghost (28)
by lbaixinho, on Flickr

O desenho
8/10
O resultado final segue os traços gerais da nave original. No entanto penso que a forma de atracagem da The Phantom é errada (não dá para ter a certeza pela falta de boas imagens das naves originais). Visto que na versão da LEGO o cockpit da Phantom fica virado para trás. A nave também me parece demasiado pequena para a versão real notando-se imenso no tamanho das canópias e no fato da original ser bem maior que a Millennium Falcon, no entanto é de referir que é bem grande para o PVP recomendado. As superfícies inclinadas estão bem conseguidas e relativamente resistentes, no entanto a quantidade de studs à mostra, tira-lhes algum brilhantismo.
De notar que a nave não possuí interiores de relevo, o que impede a jogabilidade no interior como acontece, por exemplo, com a Millennium Falcon. Apesar de ser um pequeno cargueiro, apenas possui um pequeno compartimento para carga que só pode ser acedido pela parte inferior (e sem estar pousada).


75053 The Ghost (72)
by lbaixinho, on Flickr

Jogabilidade
7/10
Apesar de possuir vários gadgets interessantes, como dois escape pods, uma gun turret feita de forma simples mas eficaz, dois cockpits sendo um deles destacável, 4 minifigs equipados (sendo um deles um inimigo do grupo), alguns (pequenos) compartimentos e 3 canhões que ignorei, o total ficou aquém das minhas expectativas. Esperava mais de uma nave que se pensa que vai ser o centro de uma nova série.


75053 The Ghost (65)
by lbaixinho, on Flickr

Outros
1/10
Raramente utilizo esta secção, mas não iria deixar de referir que os autocolantes apareceram enrolados por estarem soltos. Este set não tem os autocolantes e instruções protegidos em saqueta própria.
Outro pormenor que achei estranho foi que ambas as canópias não estavam "cristalinas" como é hábito na LEGO.


75053 The Ghost (4)
by lbaixinho, on Flickr

Conclusão
8/10
Globalmente é um bom conjunto, mas sem atingir qualquer nível de excelência. Com certeza que a nave original merecia melhor e maior aproximação. Porventura poderá acontecer numa reintrepetação da LEGO daqui a uns anos (se a série de TV se mantiver) e provavelmente mais cedo através de um MOC de um AFOL qualquer :)


75053 The Ghost (77)
by lbaixinho, on Flickr

Mais imagens no Flickr

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:23

Review do set 75048 - The Phantom

por baixinho, em 04.06.14

Referência: 75048
Nome: The Phantom
Tema: Star Wars
Ano de Edição: 2014
Número de Peças: 234    
Preço LEGO®: €31,99
Preço por peça: 13,7 cêntimos
Instruções: Sim
Autocolantes: Sim
Minifigs: Sim, uma minifig e um robô
Modelos alternativos:Não
Lista de peças: Sim



Tanto este conjunto como o 75053 The Ghost, são inspirados em veículos espaciais e personagens da série The Rebels que irá estrear no final deste ano. Como estes intervenientes não são tão conhecidos, ficam aqui algumas imagens.

link: http://starwars.wikia.com/wiki/Ezra_Bridger

link: http://starwars.wikia.com/wiki/C1-10P

link http://starwars.wikia.com/wiki/Phantom_(attack_shuttle)

De notar que o The Phantom é um vai-e-vem que atraca no The Ghost.
 
As peças
8/10
Apesar de ter algumas peças exclusivas (personagens, impressão da canópia, a 98100 em preto e a 4510 em Bright Light Orange) o PPPwiki parece-me demasiado alto para a quantidade de peças básicas e comuns. No entanto a quantidade e variedade de peças básicas também pode ser considerada uma vantagem, visto que facilmente são utilizadas em outras construções.

75048 The Phantom (5)
by lbaixinho, on Flickr

A construção
6/10
A construção é dividida em duas fases, uma para as personagens e cockpit da nave espacial e a segunda dedicada ao corpo desta. A construção é relativamente simples e não recorre a técnicas especiais, exceptuando SNOTwiki simples na lateral do cockpit e as asas que recolhem graças à combinação de handles com bars.

75048 The Phantom (16)
by lbaixinho, on Flickr

O desenho
7/10
A construção segue os traços gerais das imagens conhecidas do modelo original. No entanto fica a impressão que se poderia ter feito um melhor trabalho na zona frontal. A menos que isto não tenha sido feito por limitações impostas pela forma como atraca na The Ghost.
O interior da nave é composto por três secções. O cockpit, uma área para o pequeno robô mais ou menos ao centro e um pequeno espaço na traseira para colocar o capacete e o light-saber. Apesar de achar que os espaços estão muito bem aproveitados, o acesso à área do robô não me parece a melhor, visto que é feita através de uma plate 2x4 presa apenas por 4 studs e não através de uma hinge.
As asas retracteis estão interessantes mas pergunto-me se não teria havido uma melhor solução que cobrisse a inestética parte inferior das peças.
A parte frontal destaca-se do corpo da nave, ao estilo de um pequeno escape pod. Não sei se é uma funcionalidade real da nave da série ou se uma funcionalidade introduzida pelo LEGO Designer.

75048 The Phantom (33)
by lbaixinho, on Flickr

Jogabilidade
7/10
O facto da pequena nave espacial se dividir em duas, das asas que são retrateis e de conter três (pequenos) espaços interiores dá ao conjunto alguma jogabilidade.
Ignorei o canhão no topo.

Conclusão
7/10
Esta nave segue muito o estilo da trilogia original da Guerra da Estrelas, o que no meu entender é de saudar. O preço por peça é o esperado para conjuntos licenciados (caro) e esteticamente (e mesmo tendo em conta o estilo da original) acho que fica aquém do que se poderia fazer.
No entanto o conjunto globalmente é um bom brinquedo com peças úteis e uma jogabilidade interessante. Com certeza que obrigatório para os fãs, mesmo acreditando que possa ter uma nova versão num futuro distante :)

Mais imagens no Flickr

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:43

Review do set 70149 - Scorching Blades

por baixinho, em 03.06.14

Referência: 7014
Nome: Scorching Blades
Tema: Legends of Chima
Ano de Edição: 2014
Número de Peças: 77
Preço LEGO®: €14,99
Preço por peça: 19,5 cêntimos
Dados de compra: Leilão no Arte em Peças 2014
Instruções: Sim
Autocolantes: Não
Minifigs: Sim
Modelos alternativos: Não
Lista de peças: Sim


 
As peças
5/10
O elevado custo das peças tem diretamente que ver com o pesado disco que é a atração principal do jogo.
Dentro das peças comuns, destaco a presença de duas unidades de uma nova peça technic que com certeza dará muito jeito ao tecnicistas. No entanto penso que a maior atração do conjunto seja a minifigura, Worriz, que não é exclusiva deste conjunto. As impressões são excelentes e o “capacete” está muito bom, como já é hábito neste tema.


70149 Scorching Blades (3)
by lbaixinho, on Flickr


70149 Scorching Blades (7)
by lbaixinho, on Flickr

A construção
2/10
Com certeza que a construção não é o objetivo deste conjunto que se limita à conexão de algumas peças sendo várias delas technic. É tão rápida que não se percebe a necessidade de um livro de instruções tão volumoso.

O desenho
5/10
Mesmo tendo em conta o tema e o objetivo do conjunto, acho que o design relativamente pobre. O veículo consegue passar bem a ideia dos desenhos promocionais. No entanto o obstáculo fica muito pobre com aqueles discos enormes e aquelas chamas esparsas.

Jogabilidade
8/10
Tive a oportunidade de experimentar brevemente o jogo e achei-o um pouco difícil. Depois de por o disco a rodar, basta pousar o veículo para ele avançar rapidamente. O objectivo deveria ser ele saltar quando batesse no obstáculo e depois bater na “bola” que está no pedestal. Das vezes que experimentei acabou sempre por o veículo arrastar o obstáculo todo. Por ventura será necessário fixar de algum modo o obstáculo à superfície.
No entanto a ideia de combater com outros veículos é interesante.

Outros
5/10
O conjunto vem acompanhado de 5 cartas que podem ser utilizadas no jogo.


70149 Scorching Blades (10)
by lbaixinho, on Flickr

Conclusão
5/10
Um conjunto que deve ser considerado apenas e só se for para jogar o jogo sugerido. A minifig (devido à sua não exclusividade) e as peças presentes não valem o preço.

Mais imagens no Flickr

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:30


Pesquisar

Pesquisar no Blog



subscrever feeds



O meu próprio tema LEGO

Wiki OutroMundo