Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Projecto Construir

por baixinho, em 11.12.08

 Romão Santos está a avançar com um novo projecto

 

Inserido no seu mestrado, o projecto envolve crianças desfavorecidas (por doença ou outros motivos) na construção de modelos LEGO em grande escala.

 

Para já o projecto está inserido na zona do Porto, mas há possibilidades de, no futuro, se estender para Coimbra e Lisboa.

 

Podem saber mais sobre o projecto neste tópico no Fórum 0937.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:14

Entrevista com o Michael Jasper no Portal 0937

por baixinho, em 29.10.08

Michael Jasper é um AFOL alemão conhecido pelas suas proezas em pequenas e pormenorizadas construções LEGO. Esta cadeira é um bom exemplo:

 

 

Consegui uma pequena entrevista com ele para o Portal 0937. Podem ler a entrevista e descobrir mais sobre "MiJasper" aqui.

 

LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:18

LEGO®: uma sub-cultura (II)

por baixinho, em 18.01.07

A sub-cultura da LEGO também é feita de muito trabalho pessoal. Por exemplo, a construção de modelos com o computador surgiu com o australiano James Jessiman. Jessiman começou em 1995 um software para construir com peças virtuais, algo que Douglas Coupland (autor do livro “A Geração X”) também abordava no seu livro Inforescravos do mesmo ano. Foi neste livro que tive o primeiro deslumbre do que era ser AFOL (claro que no livro não tinham esta designação). A história anda à volta de um conjunto de programadores que tem como hobby  fazerem grandes construções LEGO. O engraçado é que o principal projecto virtual deles é um programa em tudo semelhante ao actual Ldraw.
Voltando ao Ldraw, Jessiman ao criar o programa e formato de ficheiro ldraw abriu uma porta completamente nova para a LEGO, a construção virtual e gratuita. Será que a empresa iria gostar? A possível má reacção da LEGO era um medo de Jessiman. Infelizmente não teve tempo de conhecer essa reacção, faleceu a Julho 1997, vítima de complicações com o vírus Influenza (gripe). Mas houve gente (Steve Bliss, Terry Keller, Lutz Uhlmann entre outros) que pegaram no trabalho de Jessiman e construíram uma organização que manteve a estrutura do ldraw e que serviu de base para muitos outros trabalhos. A Ldraw.org continua em força sendo reconhecida pela própria lego. O LEGO Digital designer da LEGO pode utilizar os ficheiros no formato ldraw criado 10 anos antes!
Existem ainda outros add-ons ou programas de construção virtual, por exemplo o MLCad do Michael Lachmann e o LeoCad do brasileiro Leonardo Zide.

LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:43

Howl's Moving Castle

por baixinho, em 11.01.07
Parece que tenho a mesma adoração que o Dunechaser em relação ao trabalho de Miyasaki. Melhor, só me facilita o trabalho em encontrar MOCs baseados em filmes dele :)

Aqui vai mais um, desta vez do Moko.



LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:42

Mas afinal o que é um LUG?

por baixinho, em 08.01.07

Depois de estar a ouvir/ler nos últimos dias tanta coisa sobre a palavra "LUG" decidi compartilhar o conhecimento que tenho nesta matéria.

LUG é a sigla de LEGO® Users Group, que traduzindo às três pancadas é Grupo de Utilizadores de LEGO. Grupo (segundo o dicionário Priberam, minha referência na NET) significa, entre outras coisas, "conjunto de indivíduos que têm interesses comuns". Ou seja, um LUG será um conjunto de pessoas que utilizam LEGO. 
Mas qual será o formato, o objectivo de um LUG? Será a simples reunião de pessoas que utilizam (das mais variadas formas) as peças/conjuntos/palavra LEGO?
Para melhor saber há que dar uma vista de olhos nos grupos auto-intitulados de LUGs.
O primeiro que me vem à cabeça é a LUGNET (LEGO Users Group Network). A LUGNET é o site da Internet incontornável na história da própria LEGO. Já foi também referência na própria evolução da Internet, tendo, na minha opinião, o melhor software de "newsgroup" que já vi. A LUGNET é propriedade de duas pessoas, Todd Lehman e Suzanne Rich* (na altura Suzanne Green) que praticamente construíram a LUGNET de raiz. No passado, eles os dois controlavam tudo o que se passava na LUGNET principalmente nos seus fóruns e um dos mitos da LUGNET é que o Todd lia todos os posts (e eram milhares) para controlar a sua qualidade. As suas decisões, para o mau ou para o bem, influenciavam todo o grupo. Após alguns anos o cansaço deu lugar à vontade de passar para outras mãos a tarefa gigantesca que era controlar a LUGNET. Após várias tentativas falhadas de grupos que ficariam com essa tarefa, Suzanne "passou" a administração da LUGNET para o Rene Hoffmeister.
Rene Hoffmeister é subejamente conhecido na comunidade internacional AFOL por ser o dono da 1000steine, um individuo com imensa capacidade de iniciativa e timming, entre outras coisas. Mas afinal o que é isso de 1000steine? 1000steine é uma amálgama de projectos que rodam à volta do Rene, é um fórum alemão (o que faz dele um LUG?), é uma loja (pelo menos no Bricklink), é um organizador de eventos, etc.
Um outro projecto também curioso é o Hispalug. O Hispalug é um fórum dos "nuestros hermanos" sobre a temática LEGO, esse fórum é propriedade de Rick83 e Yoyei. O  Rick83 é dono de uma das melhores lojas espanholas do Bricklink, Yoyei está à frente do Playclicks (grupo que aborda o coleccionismo de playmobil em Espanha) e da loja que lhe está associada.
Mas isto dos LUGs serem propriedade de alguém é norma? Não, existem muitos LUGs que não são propriedade de ninguém! Alguns deles são registados perante a lei, oficializados perante os seus Estados. Lembro-me por exemplo do NELUG (New England LUG) a que pertence a própria Suzanne Rich e que o Eric Kingsley****** é um dos grandes motores. Este é um grupo com regras bem rígidas, por exemplo, para alguém pertencer a este LUG além de ter que pagar quotas, é obrigado a participar em x actividades por ano e ter alguma função no grupo. No fundo, ser activo. Outros não são tão rígidos, como por exemplo o FreeLUG (francês). Existem também montanhas de LUGs que nem são propriedade de alguém ou sequer estão registados, aliás, pode-se dizer que esta é a norma. A maior parte dos LUGs são índole geográfica e reúnem poucas dezenas de AFOLs num ambiente informal, muitos nem possuem fórum ou sequer site na net. Aliás, nos EUA é comum haver dois LUGs diferentes em cidades vizinhas, como também é comum um AFOL pertencer a mais de dois LUGs. Outro exemplo é o ItLUG (Itália) que é um grupo propositadamente informal e que durante muito tempo viveu à sombra do Mário Ferrari**.
Outros grupos peculiares são os temáticos. Moda começou pelo Classic-Castle e Classic-Space após algumas cisões nos respectivos fóruns na LUGNET, esses são grupos de pessoas que se juntam não a partir de uma localização, mas sim à volta de um tema. Grupos tão fortes que organizam actividades próprias, que possuem layouts próprios nos grandes eventos LEGO nos EUA e com a importância para a LEGO na medida que possuem sempre mais do que um LA.
Basicamente um LUG é formado quando um conjunto de pessoas sente um interesse comum sobre LEGO e se identificam como um grupo.
Basicamente é o que está a acontecer com a comunidade à volta do fórum 0937. Um conjunto de pessoas começa a identificar-se como um grupo, a promover actividades (um almoço, uma wiki, um mapa, etc...).
Não é a primeira vez que isto acontece em Portugal. Temos a precedência do GPAL*** (extinto?), da PLUG e da Evoluir21****. Vários tipos de LUG oferecem a oportunidade de escolha (ou não) ao AFOL. Se não gostar tem sempre a hipótese de não se afiliar a nenhum ou criar um novo grupo. Coisa simples com o software de fóruns oferecidos pelo Google ou Yahoo ou até mesmo com a nova lei associativa em que se cria uma associação com 170€ e num dia.
Tão simples que não deveria causar qualquer confusão.

Luís Baixinho
Ex LEGO Ambassador e que já anda por cá há tempo suficiente para ter assistido a uma boa parte da história das comunidades LEGO.

PS: muitos dos termos estão descritos na wiki0937.
PS1 e off-topic: Cá no norte (e eu sou daqueles que quando passa a ponte de Viana em direcção ao sul já sinto um cheiro diferente*****) quando se põe o dedo na ferida aberta de alguém, sem aviso, é normal receber um "ca#$%&o ta fo#$, põe o dedo mas é no teu c$ " e outras coisas do estilo.
PS3: LUG oficial é coisa que não existe. Oficial significaria um reconhecimento oficial e formal da LEGO (e não de um estado porque estamos a falar de LEGO Users Group) o que só acontece ao próprio clube criados por eles, o LEGO Club.

* Que estiveram com casamento marcado na Legoland californiana...
** Que escreveu com o irmão bons livros sobre mindstorms (versão RCX).
*** Grupo Português de Actividades em LEGO como descrito pelo post do bionicdroid no fórum 0937.

**** Evoluir 21 é a associação portuguesa com o cargo de organizar a First LEGO League em território nacional.
***** Se calhar deve ser porque a saída sul da ponte tem próximos uma celnorte e um aterro sanitário...

****** Impulsionador do save.9vtrains

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:25

The Unofficial LEGO Sets/Parts Collectors Guide

por baixinho, em 07.01.07


Chegou esta semana a minha cópia do trabalho do Gary Istok (The Unofficial LEGO Sets Parts Collectors Guide ).
Acho que fiquei maravilhado pela quantidade de informação existente neste hobby. As variações que existem em alguns dos primeiros sets faz lembrar-me um pouco as variações existentes na série ceres da filatelia portuguesa.

O modo como foi composto, a história, as curiosidades, o nível de detalhe do estudo efectuado e outras tantas coisas fazem deste CD um trabalho incontornável no hobby.
Chega ao ponto de analisar as construções que aparecem nos folhetos promocionais!

Agora tou indeciso se vou imprimir 1200 páginas e encadernar para ler/consultar ou continuara a ler no computador mas estar em sintoinia com as várias actualizações que o Gary já prometeu...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:52

Sachiko

por baixinho, em 27.11.06
Sachiko é uma AFOL japonesa que fiquei a conhecer o seu trabalho a partir do Juan. É conhecida por ganhar prémios atrás de prémios com as suas construções. Bem merecidos.

Aqui fica um exemplo:


Um carrinho que possui uma autêntica cidade dentro (clicar para mais imagens):



O site dela (também em inglês) pode ser encontrado aqui.

LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

Novo Blog: MicroBricks

por baixinho, em 26.11.06

MicroBricks

O Bruce avança com um novo blog, o MicroBricks. À semelhança do seu outro trabalho, o Vignette Bricks, este é direccionado para uma técnica muito em especial, neste caso a construção na escala micro!

Um dos seus primeiros artigos é sobre uma construção de Joe Meno (mentor do BrickJournal): O Calypso do comandante Costeau.



LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:59

LEGO on my mind

por baixinho, em 16.11.06
LEGO on my mind
(penso sempre neste título a entoar a música "where is my mind" dos Pixies...)



Este é o site sobre LEGO de Erik Brok e comemorou este Outubro 10 anos de existência.
10 anos. Erik Brok é um AFOL Holandês, LEGO Ambassador nos primeiros 4 ciclos, bastantes participativo nas comunidades holandesas.

Não são dez anos de AFOL, visto que Brok já o era bem antes de fazer este site. São dez anos de relatos, MOCs, ideias, etc. Tudo super bem documentado.
Nesta página "Site history", Erik explica como era a situação LEGO na Internet em 1996. O expoente máximo é mesmo o arquivo da página da LEGO da altura...
Outra página interessante é a "TimeTour". Dá para fazer uma vista rápida sobre as actividades da página e do próprio Erik durante estes dez últimos anos.
Outro ponto de passagem obrigatória é o "Quotes", onde se encontra alguns posts originais encontrados no antigo fórum de discussão rec.toys.lego e que deu origem a muitos termos usados actualmente pelos AFOLs (a própria sigla AFOL incluída).
Parabéns ao Erik pela sua página e principalmente pelo seu trabalho no hobby!

LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:08

A (re)volta de Molly Friedrich

por baixinho, em 13.10.06
Há alguns anos atrás "havia" um construtor bem conhecido nos temas space e mecha, Joel Kuester. Era normal encontrar novas aproximações e técnicas de construção em qualquer das suas criações. A sua criação mais aplaudida era uma gigantesca nave de nome Benevolent Grace que já não encontro imagens na net... (acho que a pasta no Brickshelf foi apagada).

Depois de uma ausência (que desconheço a causa, mas imagino-a), esse mesmo construtor voltou com o seu novo (verdadeiro?) nome, Molly Friedrich.

Podem ler esse anúncio neste post na LUGNET com o respectivo link para uma nova pasta no brickshelf com as suas criações antigas!

Agora é esperar pelas novas e boas construções!!!

LBaixinho

Actualização:
Afinal há fotos da Benevolent Grace na nova pasta. Aqui fica uma foto com link!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:24


Pesquisar

Pesquisar no Blog



subscrever feeds



O meu próprio tema LEGO

Wiki OutroMundo