Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Ainda mais Mars Mission

por baixinho, em 13.01.10

O tema foi descontinuado pela LEGO no final de 2008, mas ainda continua a dar cartas na Comunidade AFOL.

 

 

Primeiro este Expeditionary Destroyer por ShamelessB, recheado de bons pormenores mas perfeitamente equilibrado com várias zonas de aspecto limpo.

 

 

Mais este Drop Pod Carrier and VTOL do mesmo autor. Vale a pena seguir os links nas imagens para apreciar melhor as facetas destes MOCs.

 

LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:49

Um polícia Mars Mission

por baixinho, em 08.01.10

Voltando ao tema Mars Mission, fica aqui uma construção de Redondo Fuentes que consegue respeitar perfeitamente o estilo criado pelo tema da LEGO  no entanto ser algo completamente novo.

 

(Link na imagem)

 

Vale a pena espreitar a apresentação no MOC Pages e vericar todos os pequenos detalhes e gadgets que fazem desta construção limpa e brilhante.

 

LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:18

Mars Mission versão militar

por baixinho, em 07.01.10

Cole Powers (Wrecks) criou versões alternativas de dois sets Mars MIssion. Primeiro de um dos meus sets preferidos do tema, o 7692.

 

 

E em segundo do pequeno 7695.

 

 

Versões bem interessantes, mais agressivas e devidamente detalhadas.

 

LBaixinho

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:54

Ainda o 7649 Ultra-Drill Walker

por baixinho, em 26.01.09

Aqui ficam algumas imagens:


Abrindo a tampa temos esta imagem gigante.. pessoalmente acho um desperdício de cartão.


Os minifigs. Gosto dos terrestres.
Foi o primeiro alien gigante.. e não achei nada de especial.


A nave alienígena é bem simples. É bastante comprida e parece um pouco "incompleta".
As peças pontiagudas são as tais novas em que a ponta é completamente mole.

 



A nave terrestre é bem grande e ainda traz isto dentro:


Pequenino, só não gosto das pedras preciosas..


Enorme!!
Dá também para ver a quantidade de peças extras.. (isto de ter os sacos numerados faz com que o nº de peças extra dispare Grin)


Em acção!

 

Gosto tanto deste set que estou mesmo reticente para o desmontar.

 

Mais imagens nesta pasta do BrickShelf

 

LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:52

Review do set 7649 - MT-201 Ultra-Drill Walker

por baixinho, em 25.01.09

Referência: 7649
Nome: MT-201 Ultra-Drill Walker
Tema: Mars Mission
Ano de Edição: 2008
Número de Peças: 759
Preço LEGO®: 69,99€
Preço por peça: 9,2 cêntimos de euro
Dados de compra: Shop@Home em saldo
Instruções: 2 livros A4 com 48 páginas cada.
Autocolantes: 2 pequenas folhas
Minifigs: 2 + um alien grande
Modelos alternativos: Não
Lista de peças: Sim




 
As peças
9 cêntimos é um PPP um pouco acima da média para um conjunto não licenciado. Mas como comprei em promoção o PPP desceu para uns aceitáveis 6 cêntimos e meio.
Quanto a peças, a canópia grande é a que chama mais atenção. Nesta cor só existe neste set e noutras cores só existe em smoke num set Agents. Depois temos outras peças não tão comuns como as que compõem o tanque. Saliento a quantidade de slopes curvas e o facto interessante que tem 24 bricks 2x4 branco.
Os minifigs além da garrafa de oxigénio impressa nas costas, possuem uma mochila branca. O alien cumpre a função de servir de “mau”.
Noto que algumas peças brancas feitas em PC estão riscadas. Já começa a ser hábito e desta vez vou mesmo reclamar.


A construção
Está dividido em quatro fases e pessoalmente adoro esse pormenor. A mesa não era muito grande e assim pude fazer as coisas faseadamente sem ter a mesa completamente atulhada de peças e sem perder muito tempo a procurá-las.
A primeira fase é a construção dos minifigs e nave alienígena. Esta última não possui técnicas especiais e é de muito fácil montagem.
A segunda fase é a nave dos terrestres. A nave possui algum SNOT mas nada de assinalável. O pequeno hover também é de fácil construção e assemelha-se um pouco com os vendidos pela LEGO no início dos anos 80.
O corpo do Ultra-Drill é a terceira fase e é utilizado algum technic para aumentar a resistência do veículo e accionar a broca.
As patas compõem a quarta fase e são completamente idênticos. A construção é interessante e relativamente rápida, assim não há tempos para aborrecimentos.
Globalmente o set não é difícil de construir e acredito que se encaixe na faixa etária a que está indicado (8 aos 14 anos). Também é relativamente sólido e não recorre em exagero a peças technic. É fácil mover as pernas e não se quebram facilmente. Negativamente destaco que as patas não podem ser levantadas. Não é propriamente importante para a brincadeira mas torna impossível algumas poses.


O desenho
Só mesmo no fim é que consegui apreciar na totalidade este conjunto. O resultado separado de cada uma das fases foi um pouco decepcionante mas juntando todos os componentes do veículo terrestre o resultado fica simplesmente imponente.
O Ultra-Drill é composto por duas partes e na posição normal tem uns impressionantes 25 cm de comprimento, 32 cm de envergadura e 22 cm de altura. A parte principal é o veículo quadrúpede propriamente dito, com uma broca talvez demasiado grande e um habitáculo de operador num local um pouco esquisito. Só fica bem quando a broca fica em posição de funcionamento. A segunda parte é cockpit de pilotagem que está inserido numa nave que é destacável. Esta nave ainda contém um pequeno veículo no interior. O único problema que realço no desenho em geral é que esta nave é preciso ser retirada para a broca poder funcionar no chão.
O veículo está recheado de curvas suaves onde o ar “bulky” de uma construção LEGO desaparece por completo.
O elo mais fraco é mesmo a nave alienígena que é básica mas cumprindo a função.
 

Jogabilidade
Sem contar com o alienígena o conjunto já tem uma grande jogabilidade. Três veículos para várias aventuras e só peca por somente ter dois astronautas. A Leila fartou-se de brincar só com esta parte antes de pegar na nave preta. Aliás, mal reparou neste set esqueceu-se logo do 10193...
Combinando então as duas facções a jogabilidade entra no ponto mais elevado..
 

Conclusão
Este é mesmo um daqueles sets que só irei desmontar porque há algumas peças bem interessantes para uns MOCs. Se pudesse comprava outro só para o deixar montado e de vez em quando brincar com ele Grin
Se desconfiava que era um grande set, ao acabar de montar fiquei com a certeza. É grande, é credível, é bonito, tem muita jogabilidade e por fim.. poderia estar junto dos melhores MOCs de espaço que não destoaria (isto claro que ignorando a nave alien)!


Brickset: 7649
Inventário Peeron: 7649

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:50

Review do set 5617 – Alien Jet

por baixinho, em 11.08.08

Referência: 5617
Nome: Alien Jet
Tema: Mars Mission
Ano de Edição: 2008
Número de Peças: 21
Preço LEGO®: 2.95
Preço por peça: 14 Cêntimos
Instruções: Folheto A5
Autocolantes: Não
Minifigs: Um alien
Modelos alternativos: Não
Lista de peças: Não. No entanto aparece a referência LEGO junto às peças nas instruções



 


As peças

14 cêntimos a peça não é muito animador e contanto que o minifig é um marciano verdinho, as coisas ficam ainda pior. No entanto contém uma 47407 em preto que é bastante incomum e duas 60470 que são peças deste ano e portanto são sempre bem-vindas ao stock. De resto são peças vulgares e na sua maioria em preto.



A construção

Simples o suficiente para a Leila (quase com 4 anos) conseguir montar. Só teve dificuldades no encaixe de algumas peças, mas isso por causa da idade.



O desenho

Não se pode pedir muito de um set que contem um marciano Mars Mission. Isso leva logo à inexistência de acessórios.

 

O veículo até nem está mal de todo mas acho que poderia ser mais cheiinho, principalmente na zona por detrás do alien.



Jogabilidade

É uma pequena nave e o factor swoosh é razoável. Contem duas partes móveis o que acrescenta mais alguma jogabilidade o que é de enaltecer num conjunto tão pequeno.



Outros

Por engano a Leila colocou as plates with clip light (4081b) por baixo e não por cima da 60470. Isso deu para perceber que o clutch power delas é mesmo baixo, fazendo que se soltem muito facilmente. Estando em cima, o clutch power já é perfeito. Não averiguei se o problema só se verificava com as peças deste set ou com todas.



Conclusão

Só vale a pena para quem gosta dos Aliens do Mars Mission e pouco mais. Além disso serve para adquirir algumas peças específicas (as que citei na primeira parte) e pouco mais.

 

Brickset: 5617

Inventário Peeron: 5617

 

LBaixinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:51

7695 - MX-11 Astro Fighter

por baixinho, em 12.08.07
Review do set 7695 - MX-11 Astro Fighter

Referência: 7695
Nome: MX-11 Astro Fighter
Tema: Mars Mission
Ano de Edição: 2007
Número de Peças: 57
Preço LEGO®: 4,95 €
Preço por peça: 8,6 cêntimos
 Instruções: Livro (12,4x19,7cm) de 24 páginas
Autocolantes: Sim
Minifigs: 1 (+ um marciano)
Modelos alternativos: Não
Lista de peças: Sim


 
As peças
Com 57 peças não se pode esperar muito. No entanto são todas facilmente reutilizáveis talvez exceptuando o windscreen herdado dos tempos que o Alpha Team andava pelo árctico. De estranhar a utilização de technic plates 2x4 pretas em vez das tradicionais plates 2x4. Estranho porque os buracos não são utilizados. Talvez o plástico poupado com os buracos seja relevante no preço final… espero que não se lembrem disto com muita frequência…
Gosto da cor branca do minifig e a impressão no torso cumpre. Pena não ter botija de oxigénio Sad. O marciano tem o grande problema de não ter os braços articulados. Ser meio transparente também não ajuda. Acho que é o ponto mais fraco de toda a linha.




A construção
Simples, sem técnicas em especial a assinalar. Apesar do livro de instruções ter 24 páginas, somente 12 são utilizadas para a construção desta pequena nave.


O desenho
Gosto do aspecto da nave, as asas estão bem conseguidas com recurso a pouquíssimas peças. O único pormenor que não gosto muito é o cockpit ser demasiado “arejado”. No entanto compreendo perfeitamente as limitações do pessoal que teve que desenhar este projecto. A falta de um trem de aterragem é outro ponto negativo que é justificado pelo preço baixo do conjunto.
O aspecto assimétrico devido à colocação da arma é um ponto a favor.


Jogabilidade
Uma nave espacial equipada com uma arma enorme contra um marciano indefeso… é uma brincadeira para 5 segundos. (Isto fez me lembrar um conto do Arthur C. Clarke a provar o contrário…). Vale pelo alto Swoosh Factor da nave.




Conclusão
Por cinco euros não se pode pedir muito mais além de um marciano como deve ser. A nave cumpre perfeitamente a sua função de introdução ao tema. Em vez de um marciano que parece caído de pára-quedas no set, preferiria um trem de aterragem ou uns motores mais visíveis para a nave.


Brickset: 7695
Inventário Peeron: 7695
Mais imagens no Brickshelf

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:53


Pesquisar

Pesquisar no Blog





O meu próprio tema LEGO

Wiki OutroMundo