Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Review do set 70709 - Galactic Titan

por baixinho, em 01.07.15

Referência: 70709
Nome: Galactic Titan
Tema: Galaxy Squad
Ano de Edição: 2013
Número de Peças: 1012
Preço LEGO®: €99,99
Preço por peça: 9,9 cêntimos
Dados de compra: N/A
Instruções: 2 livros
Autocolantes: Sim
Minifigs: 5
Modelos alternativos: Não
Lista de peças: Sim, no fim do livro de instruções


 
As peças
9/10
Apesar de um PPPwiki de quase 10 cêntimos, a variedade e quantidade de algumas peças é bem interessante. Destaco as peças em azure, dark-blue, dark-red e a quantidade de peças brancas. Fora as peças dos minifigs e respectivos acessórios existem duas peças exclusivas. A 3640 em lime e a muito interessante 57792 em branco. Destaco também a presença de duas peças interessantes em dark-red que apenas estão presentes num outro conjunto, a 48729 e a 60032.
Os minifigs são excelentes, particularmente os alienígenas. De notar a presença de um pequeno Insectoid (larva?) que tanto no Brickset como no Bricklink não é considerado como minifig.


70709 Galactic Titan (16)
by Luis Baixinho, on Flickr

A construção
8/10
A construção divide-se em 7 fases distribuídas por dois livros de instruções.
A primeira fase dedica-se à montagem dos minifigs alienígenas, base e veículo. A construção destes dois últimos não são particularmente interessantes e no veículo até existe alguma repetição de passos.
A segunda fase centra-se na base/chassi do veículo terrestre com uma componente forte de peças technic, essenciais para a resistência do resultado final.
A terceira fase quase que completa o veículo deixando as lagartas e laterais do veículo que são montadas na quarta fase (fase que abre o segundo livro). É nesta fase que é montada o primeiro minifig terrestre e onde volta a aparecer peças technic para as lagartas e torre de mísseis.
A quinta fase inicia a construção do veículo aéreo (cockpit) que se prolonga pela sexta (corpo) e sétima fase (asas). A presença de técnicas em SNOTwiki e de technic é forte tanto para a resistência do veículo bem como para possibilitar os ângulos das asas.


70709 Galactic Titan (6)
by Luis Baixinho, on Flickr

O desenho
8/10
Apesar de ter tido alguma deceção quando montei a nave em relação aos vídeos e imagens que circulavam na Internet, não deixo de gostar do resultado final. Pessoalmente acho que os grandes defeitos são que o veículo quando está com os componentes terrestre e aéreo juntos parece esquisito por ter duas “frentes”. Quando separado, ambos os veículos ficam com enormes áreas vazias/despidas apesar de isso ser um pouco disfarçado na componente aérea. No entanto há que ressalvar que a utilização de SNOT nas laterais dão linhas muito interessantes ao veículos, muito similares ao do conjunto 70704.
A base e veículo alienígena conseguem o pretendido, ter um ar “estranho”.


70709 Galactic Titan (4)
by Luis Baixinho, on Flickr

Jogabilidade
8/10
Poderia ter tudo para ter uma grande jogabilidade, no entanto pequenos detalhes minam esta característica do conjunto. Primeiro esperava-se mais da base alienígena visto que tem apenas uma função, o “expelir” (saltar) um ovo de uma larva. O veículo tem um ar de centopeia onde parece que a única função que tem é o transporte de um único ovo..
O veículo terrestre perde por aparentemente ter duas frentes quando está completo, quando está incompleto as lagartas emperram muito facilmente, talvez por o veículo ficar muito leve.


70709 Galactic Titan (13)
by Luis Baixinho, on Flickr

Conclusão
8/10
Tinha grandes expectativas em relação a este set e provavelmente por isso fui mais exigente na análise. Tem peças muito boas e a construção é interessante, apesar de ter algumas componentes repetidas. O desenho é bom mas não excelente, peca em dois detalhes falados acima (vazio e duas frentes). Esperava também mais da jogabilidade.
É um bom conjunto mas não chega à excelência (como esperava).


70709 Galactic Titan (11)
by Luis Baixinho, on Flickr

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:56

Review do set 70704 - Vermin Vaporizer

por baixinho, em 30.06.15

Referência: 70704
Nome: Vermin Vaporizer
Tema: Galaxy Quest
Ano de Edição: 2013
Número de Peças: 506
Preço LEGO®: €49,99
Preço por peça: 9,8 cêntimos
Dados de compra: Continente, Novembro de 2013
Instruções: 2 livros
Autocolantes: Sim
Minifigs: Sim, 3
Modelos alternativos: Não
Lista de peças: Sim, no fim das instruções


 
As peças
8/10
O PPPwiki deste conjunto está perto dos 10 cêntimos, o que apesar não ser propriamente mau, também não o torna muito atraente. Fora as peças dos minifigs e acessórios, não existe qualquer peça exclusiva, mas destaco a presença de seis unidades da 60593 em verde escuro, peça que apenas aparece em 4 outros sets (todos mais antigos). A 87752 em trans-clear era exclusiva na altura que este conjunto saiu, mas este ano (2015) saiu um novo set em que esta peça é utilizada.
A variedade de peças é interessante principalmente de cor branca. Variedade e quantidade mais que suficiente para construir pequenas construções com predominância desta cor.
Os minifigs são da qualidade habitual da LEGO onde destaco o Alien Buggoid.


70704 Vermin Vaporizer (4)
by Luis Baixinho, on Flickr

A construção
9/10
A construção divide-se em 4 fases (saquetas) distribuídos por dois livros. A primeira fase é dedicada à montagem dos minifigs, do pequeno rover e do veículo alienígena. Apesar de algum SNOTwiki no rover, esta fase é relativamente desinteressante.
Nas duas fases seguintes é construído o veículo principale são estas as partes mais interessantes da construção. Existem peças technic mas que apenas suportam de forma resistente a base do veículo. Toda a resistência das paredes laterais são conseguidas através de SNOT onde a utilidade da técnica é aliada de forma excelente à componente estética.
Na última fase (que ocupa o segundo livro de instruções) é dedicada à construção do pequeno mech que segue os moldes habituais da LEGO. De destacar que as articulações dos membros inferiores são limitados a um eixo (frente-trás) o que, de forma inesperada para mim, faz com que o mech seja mais estável.


70704 Vermin Vaporizer (11)
by Luis Baixinho, on Flickr

O desenho
10/10
Se ignorar o pequeno veículo alienígena, considero que o desenho deste conjunto é perfeito. Claro que a traseira do veículo principal parece um pouco vazia e que torna o veículo claramente mais “pesado” na frente, no entanto isso pode ser esquecido principalmente quando o mech está pousado no veículo.
O veículo terrestre é claramente o ponto alto deste set. O cockpit frontal esconde um pequeno rover que funciona quase como que um escape pod saindo pela frente do veículo. O mech encaixa-se na parte traseira e transforma-se numa torre de defesa/ataque, no entanto de forma que parece bem integrada no veículo. Quando o mech “salta” fora, dá espaço para se utilizar a um pequeno laboratório para investigar as cápsulas alienígenas.
As próprias linhas do veículo estão muito bem conseguidas com um ar bem moderno e cheio de curvas.


70704 Vermin Vaporizer (22)
by Luis Baixinho, on Flickr

Jogabilidade
10/10
O pequeno veículo alienígena serve apenas como representante da facção inimiga, visto que a jogabilidade concentra-se de forma bem interessante no veículo terrestre. Como referi acima é um veículo que se pode transformar em três e até possui um pequeno laboratório o que, com certeza, dará azo a mil e uma brincadeiras.


70704 Vermin Vaporizer (19)
by Luis Baixinho, on Flickr

Conclusão
10/10
O conjunto poderia ter algumas características melhores, como um preço mais baixo e uma traseira mais encorpada, no entanto a sua excelência no design como na jogabilidade não podem ser ignoradas. Foi um conjunto que me deu imenso prazer de construir e descobrir pormenores desconhecidos (como da existência do laboratório). Perfeito para um set que não é de um tema licenciado ou dirigido aos mais velhos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:12

Review do set 70707 - CLS-89 Eradicator Mech

por baixinho, em 26.06.15

Referência: 70707
Nome: CLS-89 Eradicator Mech
Tema: Galaxy Squad
Ano de Edição: 2013
Número de Peças: 440
Preço LEGO®: €39.99
Preço por peça: 9.1 cêntimos
Dados de compra: Outubro de 2013
Instruções: Sim, dois
Autocolantes: Sim
Minifigs: Sim, dois
Modelos alternativos: Não
Lista de peças: Sim, no fim do livro de instruções


 
As peças
7/10
Este é mais um conjunto deste tema com o PPPwiki sensivelmente acima dos nove cêntimos (julgo que todos os conjuntos do tema andam por volta dos 9 ou 10 cêntimos no PPP) onde, fora as peças para minifigs, apenas duas peças são exclusivas. A 11598 e a 13754, ambas em trans-neon green e ambas com duas unidades. Peças demasiado específicas e de difícil utilização.
No entanto a variedade de peças brancas é boa. Destaco também as peças laranja com uma variedade interessante em plates e slopes curvas. Por fim não posso deixar de referir os dois windscreens em trans-clear.
Neste conjunto apenas existem dois minifigs terrestres estando os alienigenas representados apenas por insetos brick-built.


70707 CLS-89 Eradicator Mech (2)
by Luis Baixinho, on Flickr

A construção
9/10
A construção reparte-se por três fases onde a primeira é dedicada aos minifigs e alienigenas, a segunda à nave e torso do mech e a última aos membros superiores e inferiores.
Apesar de haver algumas repetições na construção devido aos membros, não deixa de ser interessante. Existem vários pormenores em SNOTwiki que muitas vezes não tem um objetivo estritamente estético mas também o de aumentar a resistência do modelo. Solução bem mais interessante do que a utilização de peças technic (que não deixam de estar presentes, nomeadamente nos membros superiores).


70707 CLS-89 Eradicator Mech (9)
by Luis Baixinho, on Flickr

O desenho
6/10
Apesar de não ficar mal de todo, o fato do mech ser um “2 em 1” torna-o um pouco (vou ser simpático) diferente. Quando está completo, a traseira fica demasiado “pesada” e estranha com o cockpit e respetivo minifig virados para baixo. Sem a nave fico com a impressão que o mech fica desequilibrado com um torso onde o minifig fica demasiado exposto e braços com conexões demasiado pequenas para os canhões que levam.
Não deixa de ter pormenores interessantes, como os membros inferiores ou a parte traseira da nave que esconde uma pequena “bomba”.
Por fim temos os dois pequenos insetos que por pouco poderiam ser o pormenor mais interessante deste conjunto.


70707 CLS-89 Eradicator Mech (5)
by Luis Baixinho, on Flickr

Jogabilidade
9/10
Temos um mech que pode ser dividido numa pequena nave e num… mech. Temos dois insetos prontinhos para exterminar a espécie humana.
O que poderemos querer mais?
Poderia ter um minifig extraterrestre para liderar os insetos e o mech ser mais equilibrado :)


70707 CLS-89 Eradicator Mech (17)
by Luis Baixinho, on Flickr

Conclusão
7/10
É um conjunto bem simpático apesar do suposto “2 em 1” parecer um pouco forçado. Destaco o esquema de cores que é do meu agrado e a construção que é bem interessante. O resultado final poderia ser melhor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:47

Review do set 70701 - Swarm Interceptor

por baixinho, em 25.06.15

Referência: 70701
Nome: Swarm Interceptor
Tema: Galaxy Squad
Ano de Edição: 2013
Número de Peças: 218
Preço LEGO®: €19.99
Preço por peça: 9,1 cêntimos
Dados de compra: Outubro de 2013
Instruções: Sim
Autocolantes:Sim
Minifigs: Sim, 2
Modelos alternativos: Não
Lista de peças: Sim, no fim do livro de instruções


 
As peças
7/10
O preço por peça não é propriamente chamativo, mas está abaixo do limiar dos 10 cêntimos. Existem pelo menos duas peças exclusivas, a 50373 em dark-azure e a 43719 em trans-neon-green, ambas relativamente inúteis tanto pela especificidade da peça como da cor.
Provavelmente as peças mais interessantes são as em dark-azure e algumas wedges curvas. Mas a quantidade de variedade é tão baixa para que se tornem úteis sem juntar a peças de outros conjuntos. Como ponto negativo noto a presença de algumas peças technic, que a meu entender são de difícil utilização noutras em construções system.
As minifigs são bem interessantes onde destaco o Winged Mosquitoid pela sua cabeça, asas e impressões.


70701 Swarm Interceptor (5)
by Luis Baixinho, on Flickr

A construção
8/10
A construção é dividida em duas fases (saquetas). A primeira dedicada aos minifigs, Cadeira Intergalácticawiki e à parte da frente da nave espacial. A segunda parte é dedicada ao corpo principal da nave e respetivas asas.
A construção tem o seu “momento alto” na forma engenhosa em como as asas são fixas ao corpo da nave. Aliás, creio que a preocupação em tornar a nave resistente é um pouco exagerada ao ponto de se utilizar peças technic para reforçar a parte da frente.


70701 Swarm Interceptor (7)
by Luis Baixinho, on Flickr

O desenho
7/10
Ignorando a habitual cadeira intergalática, o aspeto geral da nave espacial é bom pecando apenas no aspeto inacabado da traseira. O fato de o cockpit rodar conforme a posição da nave, torna a construção ainda mais interessante e passível de um bom swooshwiki factor.
No entanto uma das premissas dos veículos do Galaxy Squad é a sua dupla utilização e, nesse aspeto, neste conjunto isso não é propriamente uma boa característica. A nave divide-se em dois componentes onde a parte frontal se transforma numa simpática mas sofrível nave e a parte traseira transforma-se numa torre lança mísseis. Torre esta que além de ter um aspeto esquisito apenas move os mísseis num dos eixos (para cima e para baixo).


70701 Swarm Interceptor (12)
by Luis Baixinho, on Flickr

Jogabilidade
8/10
Penso que o melhor deste conjunto em termos de jogabilidade é o swoosh factor da nave. Fácil de segurar, resistente e o cockpit “solto” fazem as delícias de qualquer aficionado de naves.
A cadeira intergalática e o lança-mísseis ajudam à festa, mas pessoalmente apenas os considero um pormenor no set.


70701 Swarm Interceptor (13)
by Luis Baixinho, on Flickr

Conclusão
7/10
Na altura que construí este set (outubro de 2013) não fiz review mas avaliei-o com um 8. No entanto com o teste do tempo e com uma análise mais detalhada desci-lhe um pontinho. Não deixa de ser uma nave simpática, no entanto penso que a LEGO poderia ter trabalhado melhor a questão da segunda utilização da nave.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:27

Insetos para peças

por baixinho, em 23.02.14
LegOficina 20140223a

 

Hoje finalmente resolvi desfazer para peças a parte dos insetos dos conjuntos Galaxy Squad que tenho. Incluindo os insetos brick-built do 70707 CLS-89 Eradicator Mech que gostei tanto.

Não tenho nada pessoal contra os insetos, visto que a parte dos "heróis" é para desfazer mal tenha oportunidade :)

 

LegOficina 20140223b

 

O resultado é este e, apesar de estas peças não significarem conjuntos inteiros, faz-me perguntar muitas vezes se a LEGO pensa muito nas possibilidades de construção de um conjunto dos chamados play-themes.

Mesmo sendo conjuntos de play-themes, a LEGO não deixa de ser uma marca de brinquedos de construção. Também acredito que a maior parte dos miúdos desfaçam os conjuntos depois de ser fartarem de brincarem com o modelo original. Imagino a frustação de alguns miúdos ao verem que a maior parte das peças que compõem alguns conjuntos são de utilização bem difícil em novas situações.

Bem, pelo menos o mal não é geral, existem conjuntos (nomeadamente os Creator) em que isto não acontece :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:16

Vaporizador de Vermes!!

por baixinho, em 11.11.13
70704 Vermin Vaporizer (1)

Aproveitando as promoções do Continente, comprei o 70704 Vermin Vaporizer do tema Galaxy Squad.

Quando apareceram as primeiras imagens dos conjuntos deste tema, este conjunto foi o primeiro a achar interessante. As linhas e o fato de ter um pequeno mech a "saltar" do veículo chamaram-me logo a atenção. Depois as oportunidades começaram a deixá-lo para trás e cheguei mesmo a pensar que iria escapar. Bendito tio Belmiro pelas promoções e pela presença dos conjuntos LEGO Galaxy Squads nas prateleiras.

 

A construção deste conjunto está dividida em 4 fases. A primeira é dedicada às minifiguras, a um pequeno rover terrestre e ao veículo alienígena.

 

70704 Vermin Vaporizer (7)

Não tenho muito a dizer do veículo dos insectos, apenas que não é tão bom como os que aparecem no 70707. O rover é relativamente interessante e achei interessante o detalhe de não ter pneus (à semelhança do veículo principal). Se neste caso não achei um grande defeito, no veículo grande não gostei muito. Pormenores...

 

70704 Vermin Vaporizer (12)

A segunda e terceira fase é dedicada à construção do veículo. Um dos pormenores que achei interessante é que a parte traseira do veículo (que irá ficar por debaixo do mech) é um pequeno laboratório para estudar os grandes ovos dos extra-terrestres. A construção acenta sobre uma base construida com peças Technic. A partir daí praticamente não são utilizadas peças Technic (o que pessoalmente é um grande ponto positivo) e essa ausência não torna o veículo frágil.

 

70704 Vermin Vaporizer (14)

O aspeto final do veículo é excelente. As linhas suaves conseguidas com algum SNOT, o esquema de cores e a jogabildade criada por o piloto estar sentado no rover que pode sair pela frente do veículo (tipo escape pod com rodas) fazem deste veículo um dos meus preferidos de todos os temas da LEGO. Se pode parecer um pouco vazio atrás, isso é corrigido com o mech montado na quarta fase do set.

 

70704 Vermin Vaporizer (19)

O Mech é relativamente pequeno e segue as técnicas usuais nos vários Mechs que a LEGO já lançou. Gosto particularmente das proporções que tem ao contrário do 70707. Acho também interessante a forma como ele se "senta" no veículo. Fica virado para a traseira e a parte superior torna-se numa torre de defesa/ataque que roda 360º. Poderia ser maior, mas acho que se criou um bom compromisso para não afetar o aspeto geral do conjunto.

Durante a construção achei curioso a utilização de algumas peças em pearl-light gold, que na sua maior parte ficam escondidas. Será uma cor barata de produzir?

 

70704 Vermin Vaporizer (22)

O resultado final é muito bom tanto em termos de peças, como a nível estético e na jogabilidade. Não lhe consigo apontar erros de maior* e por isso..

10 em 10.

 

 

* talvez um pouco caro.. mas como o consegui numa promoção :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:32

Interceptador de enxames

por baixinho, em 19.10.13
70701 Swarm Interceptor (1)

Ontem foi o dia de construir mais um conjunto de um tema LEGO deste ano, o Galaxy Squad. Desta vez foi o 70701 Swarm Interceptor, o mais pequeno dos três conjuntos que possuo do tema. A construção do modelo está dividida em duas fases sendo que a primeira envolve a montagem dos minifigs, da Cadeira Intergaláctica e do cockpit da nave.

 

70701 Swarm Interceptor (5)

Tenho a impressão que começa a ser difícil haver temas espaciais na LEGO sem a presença de alguma Cadeira Intergaláctica.. :) Desta vez o minifig até fica de pé, no entanto pergunto-me da utilidade da mesma na jogabilidade do conjunto. Até consigo perceber alguma vontade de fazê-la parecer com um insecto com aquelas "patas" pretas e asas néon.. mas o efeito está mais próximo do ridículo do que outra coisa qualquer.

No entanto não deixo de adorar aquele minifig :)

 

70701 Swarm Interceptor (8)

O cockpit é outra história (tenho que definitivamente comprar um tripé), gosto muito da forma geral apesar de achar que é um pouco bulky. Faltam ali algumas peças mais arrendondadas como as curved slopes. Também estranho a preocupação da LEGO em manter o cockpit firme com a utilização de peças Technic. Parece-me demasiado pequeno para tanta preocupação.

 

70701 Swarm Interceptor (11)

A segunda fase do conjunto dedica-se à construção da parte de trás da nave. Parte de trás que se transforma numa pretensa torre lança-mísseis. O aspeto geral da nave é muito bom e onde encontro apenas uma falha, a parte traseira central tem um aspeto inacabado. De notar novamente a preocupação da LEGO em manter bem firmes a asas através de uma técnica que achei original (aconselho ver as instruções). Retirei essas peças que mantêm as asas firmes e experimentei bastantes movimentos. O resultado é que apenas cediam quando eu propositadamente fazia por isso. Ao montar alguns conjuntos deste ano fiquei com a sensação que a LEGO pensa que os miúdos ao brincarem com LEGO se esquecem que aquilo é um jogo de construção..

 

70701 Swarm Interceptor (12)

Um dos pormenores que mais apreciei neste conjunto é que o cockpit move-se em relação ao resto da nave. Esta ideia (que já foi utilizada em outros conjuntos como por exemplo no 7180 B-wing at Rebel Control Center) torna o Swoosh Factor muito mais apelativo.

 

70701 Swarm Interceptor (13)

Aqui fica uma imagem com o veículo em modo separado. Se o cockpit até se transforma numa simpática mini-nave, a torre lança-mísseis fica com um aspeto demasiado esquisito e com a limitação do lançador apenas ter um eixo (para cima e para baixo) para apontar.

Pode dizer-se que vale a intenção :)

 

O conjunto é bem simpático para o PVP recomendado (20€). Tem algumas falhas, mas também peças interessantes e uma boa jogabilidade.

8/10

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:54

O Mech laranja e branco da LEGO

por baixinho, em 18.10.13
70707 CLS-89 Eradicator Mech (1)

Ontem também foi o dia de construir o 70707 CLS-89 Eradicator Mech do tema LEGO Galaxy Squad deste ano. A primeira fase é dedicada aos minifigs (apenas um terrestre e um robô) e aos dois bicharocos alienínegas.

 

70707 CLS-89 Eradicator Mech (5)

Sempre me perguntei porque é que este conjunto não trazia minifiguras alienígenas. Estes dois bicharocos são a resposta e pessoalmente acho-os excelentes. Apenas acho que deveriam ter três pares de patas (como sugerido pelo real_life neste post no Fórum 0937) o que aumentaria a estabilidade e seria mais correcto anatomicamente (os insectos tem por norma 6 patas).

 

70707 CLS-89 Eradicator Mech (17)

Já o mech tem um aspeto interessante. Pessoalmente sou fã deste esquema de cores. No entanto acho-o demasiado instável, esquisito na traseira devido ao robô ficar virado para baixo e, por fim, com uma a divisão em dois veículos (o cockpit separa-se para formar uma pequena nave e a parte do trás do mech toma uma nova posição para tornar-se.. novo mech) demasiado pobre. A pequena nave, apesar de utilizar um formato que eu próprio utilizava muito nos meus MOCs há uns bons anos atrás, é demasiado simples e acho-a desiquilibrada com as asas demasiado em cima e atrás. O mech sem a nave até parece que fica com um aspeto melhor que a versão completa :)

 

70707 CLS-89 Eradicator Mech (22)

Continuo a achar que se utilizam muitas peças Technic, neste caso até nem são para ganhar firmeza e estabilidade no modelo*, mas sim para se conseguir um armamento com aspeto bastante bélico. Como disse noutro post, duvido que os mais novos utilizem muito essas peças se desmontarem o modelo.

Sem dúvida um bom brinquedo com muitas peças interessantes, mas que acho que poderia ter ficado melhor com escolha de outras opções.

7/10

 

* Já não é o primeiro modelo LEGO deste ano que verifico que a estabilidade da construção é conseguida com a utilização de 99207 e 44728 com uma 87079 a uni-las na vertical. Ou seja, SNOT como efeito de aumentar a firmeza do modelo e não como efeito estético.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:38

O tão aguardado 70709 Galactic Titan

por baixinho, em 13.10.13
70709 Galactic Titan (10)

O 70709 Galatic Titan era um dos conjuntos LEGO deste ano em que depositava mais expetativas. Não só por ser de um tema que aprecio muito (ficção científica) mas porque o veículo principal prometia muito. Não só pelo aspeto final, mas também pela jogabilidade.

 

70709 Galactic Titan (16)

Este foi o meu primeiro conjunto do tema Galaxy Squad (sim, comecei logo pelo maior) e estava bastante apreensivo quanto às minifigs. As terrestres são o esperado onde não aprecio muito a cor (que varia conforme o conjunto) e ainda não consegui ter uma opinião concreta quanto ao robô. Os alienígenas estão melhor do que o esperado, principalmente pela qualidade das cabeças tanto no molde como nas pinturas/impressões aplicadas. A quantidade de espécies que a LEGO tem introduzido nos últimos anos já nos dá a possibilidade de fazer um bar espacial bem cosmopolita :)

 

70709 Galactic Titan (4)

A componente alienígena do conjunto é isso mesmo.. alienígena, estranha. No entanto acho-a demasiado pequena e fraca para fazer frente ao veículo terrestre. Compreendo o intuito da LEGO em dar a hipótese dos miúdos terem as duas facções do conflito para potenciar a jogabilidade. No entanto a diferença entre as duas facções é tão grande que duvido que dê para muita brincadeira, além de complicar a utilização das peças em conjunto. Provavelmente apostaria num veículo terrestre mais completo e a presença apenas de uma ou duas minifigs alienígenas.

 

70709 Galactic Titan (5)

A construção do veículo principal é interessante, mas pessoalmente acho que peca por ter uma componente Technic demasiado presente. Esta opção da LEGO é claramente necessária para aumentar a estabilidade e firmeza do modelo. No entanto se aumenta a jogabilidade do tanque/nave tornando-o praticamente indestrutível, a verdade é que depois de desmontado a quantidade de peças Technic é tão grande que me parece que se tornam inúteis para quem constrói System, como eu e, penso eu, os miúdos que compram este tipo de sets.

 

70709 Galactic Titan (11)

O aspeto final do veículo é imponente e segue um pouco a moda no esquema de cores. Branco como cor principal, cinzas para os greeblies e por fim linhas em tons de azul (outras cores nos outros veículos da série). O formato geral é interessante no entanto não gosto das aparentes duas frentes e nas 4 lagartas. O formato das 4 lagartas é recorrente nos conjuntos LEGO (7706 Mobile Defense Tank, 70504 Garmatron e 70005 Laval’s Royal Fighter), no entanto prefiro rodas gigantes como aparece no 6989 Mega Core Magnetizer, 7699 MT-101 Armoured Drilling Unit e 7261 Clone Turbo Tank.

 

70709 Galactic Titan (13)

Depois da separação do veículo terrestre, a parte de baixo é autónoma e fica num formato de tanque. Apesar desta frente ser relativamente bem composta, a parte traseira fica meio despida e com muito do "esqueleto" à mostra. O veículo fica também demasiado leve que faz com que as lagartas emperrem muito. O canhão apesar de simples fica bem integrado no resto da estrutura. Pergunto-me é se os mais novos utilizam muito aquele tipo de canhões noutras construções..

 

70709 Galactic Titan (14)

Por fim temos a nave propriamente dita. O aspeto geral é ótimo se esquecermos dois pormenores. As asas escondem um vazio enorme na parte central da nave que faz com que ela penda demasiado para a frente. Há que também referir que devido a esse vazio, a forma mais simples de a segurar neste veículo é por trás.. o que torna o swoosh factor um pouco esquisito (o ideal seria pegar por baixo).

Um detalhe que apreciei foi a estanqueidade dos cockpits, pormenor muitas vezes esquecido pela LEGO.

 

Essencialmente um bom brinquedo com algumas peças interessantes mas que ficou um pouco aquém das espectativas muito devido aos sacrifícios para obter uma estrutura resistente às mãos dos miúdos.

 

8 em 10

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:40


Pesquisar

Pesquisar no Blog





O meu próprio tema LEGO

Wiki OutroMundo