Quinta-feira, 30 de Abril de 2009

2º TomarLEGO

 

Continuam os preparativos para o 2º TOMARLEGO. Cada vez mais estou admirado com a quantidade de iniciativas e actividades que irão estar presentes no evento.

 

Estejam atentos ao site do evento (link na imagem) porque em breve surgirão mais novidades.

 

LBaixinho


Publicado por baixinho às 09:28
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 29 de Abril de 2009

Inquérito sobre as comunidades AFOL e TFOL - LEGO Community Team

Olá a todos, a LC Team está pronta para fazer um novo inquérito às Comunidades AFOL / TFOL.
A LEGO Group quer ouvir a tua opinião!

Como Fãs de LEGO, adultos ou adolescentes, a vossa opinião e perspectiva é muito importante para a empresa. Respeitamos bastante a  criatividade e paixão pela marca LEGO.

Em Dezembro de 2008, fizemos uma pesquisa online para saber mais sobre a comunidade global AFOL (definida como idade 20 +) e TFOL (definida como idade 13-19)  e o resultado dessa informação, as principais conclusões estão já a seguir.
Agora, pedimos que participem num novo inquérito. Ele inclui algumas questões semelhante ou iguais, mas também um conjunto de novas perguntas. Durante este ano, estes inquéritos serão conduzidos numa base trimestral.

Por favor, disponham de alguns instantes para concluir ]este breve inquérito online com a vossa opinião sobre a forma como estamos a trabalhar:

www.legokidsinnercircle.com/legokids/eFocus/jsp/efocus

Vão perceber que o link remete para a LEGO Kids Inner Circle, isto acontece porque a Satmetrix que hospeda o site, está também a apoiar os nossos esforços para recebermos o vosso feedback. Este inquérito é aberto a AFOL's e TFOLs.

Aqui estão algumas das principais conclusões do estudo dez 2008:

• Participaram no inquérito 6,500 (!) AFOLs e TFOLs.
19% dos inquiridos eram TFOLs, 81% foram AFOLs. 94% eram do sexo masculino, 4% do sexo feminino e 2% não quiseram compartilhar género.

• Quando questionados sobre a probabilidade de recomendar produtos e serviços LEGO para amigos e família, os AFOLs estão mais propensos a recomendar, que os TFOLs.
Quando perguntado o quê que a LEGO poderá fazer para melhorar a disponibilidade para recomendar, respostas mais frequente foram "melhor preço", "re-lançamento de conjuntos clássicos", "menos peças [i]costumizadas[/i]" e "não quero mais autocolantes, imprimam nos bricks". Este resultado foi comunicado às unidades empresariais relevantes dentro da empresa LEGO.

• 47% dos AFOLs / TFOLs assumem que não são membros de qualquer LUG. Entre aqueles que se afirmaram membros de LUGs, pertencem em média a 2,4 LUGs.

• Em média AFOLs e TFOLs despendem aproximadamente 700€ anuais em produtos LEGO.
 20% deste valor é gasto em compras em segunda mão.

• Os Web sites favoritos incluem Peeron, LEGO.com, The Brothers Brick, shop.LEGO.com, Eurobricks, Brickshelf, Bricklink e Flickr.


Obrigado,
A LEGO Community Team.


Original

Hey all, the community team is ready to run another survey in the AFOL/TFOL Communities.
The LEGO Group Wants to Hear From You!

As Adult or Teenage Fans of LEGO, you bring an important perspective to the LEGO Group. We respect your creativity and passion for the LEGO brand.

In December 2008, we did an online survey to learn more about the global AFOL (defined as ages 20+) and TFOL (defined as ages 13-19) communities and for your information, we have listed the key findings below. Now we ask you to take this survey again. It include some of the same questions, but also a set of new questions for you. These surveys will be conducted on a quarterly basis this year.

Please take a few moments to complete this short online survey to let us know your opinion on how we are doing.

You might notice that the link refers to the LEGO Kids Inner Circle; this is because Satmetrix, which hosts that site, is also supporting our efforts to track AFOL/TFOL opinions. Rest assured that this survey is for AFOL’s and TFOLs only.


Here are some of the key findings from the December 2008 survey:

• The survey was completed by 6.500 (!) AFOLs and TFOLs.
19% of respondents were TFOLs, 81% was AFOLs. 94% were male, 4% female and 2% did not want to share gender.

• When asked about likeliness to recommend LEGO products and services to friends and family, AFOLs are more likely to recommend than TFOLs.
When asked what the LEGO Group can do to improve willingness to recommend, most frequent answers was, “better pricing”, “re-release classic sets”, “less custom made pieces” and “no more stickers, print on bricks”.
This feedback has been communicated to relevant business units within the LEGO Group.

• 47% of AFOLs/TFOLs are NOT members of a LEGO User group.
Among those who are members of LEGO User Groups, they are in average members of 2,4 LUGs.

• In average AFOLs and TFOLs are spending in the area of USD 1.000/EUR 700 on LEGO product annually.
20% of this is spent on second hand purchases.

• Favorite websites include Peeron, LEGO.com, The Brothers Brick, shop.LEGO.com, Eurobricks, Brickshelf, Bricklink and Flickr.

Thank you,
The LEGO Community Team




Tânia Baixinho
Logo LEGO Ambassador
 



 


Publicado por baixinho às 15:04
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Um testemunho para a rádio (II)

O jornalista José Carlos Silva da Rádio Renascença e da RFM teve a amabilidade de enviar-me um ficheiro áudio com a peça inteira.

Pode ser descarregado aqui.

 

LBaixinho


Publicado por baixinho às 12:37
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 28 de Abril de 2009

MOC Alheio: Pirate Submarine por captaincorn

 

Aqui está um MOC bem original.

 

 

Gostei de vários pormenores como as vigias, interiores e os minifigs. A abundância dos castanhos é que satura um pouco.

 

Link para a pasta no BrickShelf e link para a visualização da mesma pasta através do CoolIris.

 

LBaixinho


Publicado por baixinho às 19:01
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Um testemunho para a rádio

Na quinta-feira passada a Tânia avisou-me a meio da manhã que um jornalista da Rádio Renascença estava interessado em me entrevistar por causa do hobby LEGO.

Estranhei, visto que normalmente a Tânia é que é entrevistada já que está no programa LEGO Ambassador há mais de dois anos. Fiquei elucidado quando ela explicou que era por causa deste blog. Ele queria a minha opinião pessoal sobre o que é ser AFOL.

Por incrível coincidência, estava nessa mesma altura a ultimar um texto que tinha começado dois dias antes sobre essa mesma temática. Texto que publiquei pouco depois aqui.

 

A entrevista foi incluída em duas peças pelo jornalista José Carlos Silva, uma pequena para a RFM e outra maior para a RR. A versão escrita pode ser encontrada aqui e na mesma página podem ser ouvidos dois excertos da peça.

 

Gostei do trabalho do jornalista que fez uma pesquisa interessada sobre o assunto e não se limitou ao copy&paste que cada vez mais abunda no "jornalismo". Tentou ouvir vários entendidos que pudessem explicar melhor o hobby, tanto visto de dentro como de fora.

 

Achei engraçada e interessante a explicação dada pelo Nélson Lima (Instituto da Inteligência) para a razão de haver adultos a construirem com peças LEGO.

A opinião dada pela psicóloga da infância Helena Damião sobre o brinquedo LEGO é pertinente, no entanto não estou de acordo com a visão dada por ela sobre a utilização do LEGO na sala de aula. Acho que confundiu o brinquedo com o LEGO Educacional. Gostaria de ter a oportunidade de conversar com ela para lhe esclarecer que a LEGO Educacional funciona de maneira séria, programada e bem direccionada para cada uma das actividades.

A representante do Museu do Brinquedo de Sintra, Ana Moreira deu um contexto histórico e social ao brinquedo e hobby.

 

Tenho pena de não ter ouvido a versão completa desta peça jornalistica mas fiquei com a ideia que o trabalho está muito interessante.

 

LBaixinho


Publicado por baixinho às 09:04
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 27 de Abril de 2009

Jogo do Galo e Torre Lança-Mísseis

Este fim de semana estive a ultimar estes dois MOCs.

 

 

 

Prontinhos para o 2º TomarLEGO.

 

LBaixinho


Publicado por baixinho às 11:56
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

MOC Alheio: Coal Mining Town por Allan Hall

Às vezes a grandeza de um MOC não está intimamente ligada ao tamanho da construção ou à quantidade de técnicas avançadas que são utilizadas, mas à grandeza do objecto representado

 

 

Recentemente descobri a página que o Alan Hall que tem um projecto que está em constante desenvolvimento. Uma cidade mineira.

 

Vale a pena dar uma espreitadela e observar a variedade de edifícios e situações que retratam uma pequena cidade mineira.

 

LBaixinho

 


Publicado por baixinho às 06:51
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 26 de Abril de 2009

Entrevistas Star Wars

A StarWars.com realizou três entrevistas a Jens Kronvold Frederiksen, LEGO Design Manager que esteve presente na concepção de três dos sets Star Wars do próximo Verão.

Entrevista sobre o 7754 - Home One, Mon Calamari Star Cruiser.

Entrevista sobre o 7778 - Midi-Scale Millennium Falcon

Entrevista sobre o 7753 - Pirate Tank.

 

LBaixinho

(Via TBB)


Publicado por baixinho às 19:47
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 23 de Abril de 2009

Ser AFOL

Quando um velho conhecido descobre que um dos meus hobbys é LEGO, a habitual pergunta é “ainda brincas com legos?!”. Além do ponto de interrogação leva também com o de exclamação para melhor transmitir a ideia de admiração que normalmente a pergunta contém.

Ignorando o erro na expressão “legos”, não, não brinco com LEGO. A menos que se considere que um jogador amador de futebol esteja a brincar com a bola num qualquer jogo da terceira divisão regional (nem sei se isso existe).

Segundo o dicionário Priberam, brincar possui estes significados:
1. Divertir-se.
2. Entreter-se com alguma coisa infantil.
3. Galhofar; gracejar.

4. Agitar maquinalmente.
5. Proceder levianamente.
6. Fig. Agitar-se (diz-se das ondas).

Destes significados interessam para o caso os dois primeiros.

Divertir-me.
Sim, divirto-me quando construo um set ou um MOC(1), quando planeio uma nova construção original, quando vejo outros MOCs, quando participo em reuniões e encontros com outros AFOLs, quando escrevo e discuto sobre LEGO, quando estou a trabalhar em prol da Comunidade AFOL, etc. Mas alguma destas actividades transmite a ideia de brincar? Parece-me que não.

E “entreter-se com alguma coisa infantil”?

Sem dúvida que as peças LEGO são no seu âmago, um brinquedo. Bem, alguns conjuntos que a LEGO lançou nos últimos anos já não são bem brinquedos, tanto pelo seu elevado preço como pelo grau de complexidade construtiva. Mas pessoalmente já deixei de olhar para as peças LEGO como um simples brinquedo que teimo em não deixar mas mais como partes integrantes de um hobby. Mais ou menos como um jogador de futebol não olha para uma bola como um brinquedo.

Continuando a utilizar o mesmo exemplo. A bola pode ser um simples brinquedo mas a sua utilização e tudo o que envolve a sua utilização pode chegar a elevados graus de complexidade. Basta pensar no mundo do futebol e o no dinheiro que está envolvido para ter uma ideia do quão sério pode ser um… brinquedo.

Se um objecto simplesmente redondo pode provocar isso tudo, porque não as peças LEGO?
Exacto, as peças LEGO por si só já possuem um certo grau de complexidade, se adicionarmos tudo o que se passa à volta delas.. então ficaremos com um hobby rico de actividades intrincadas de tal maneira que já deixam de ser propriamente uma brincadeira.

O hobby LEGO é tão complexo,  rico e dinâmico que pode tomar várias formas. Normalmente dividem a Comunidade de AFOLs em duas porções. Aqueles que coleccionam sets e aqueles que constroem MOCs. Claro que esta divisão não é completamente correcta e exclusiva visto que a maior parte dos AFOLs até fazem as duas coisas, mas para efeito de facilitar a explicação do hobby vou deixar assim.

Existem os AFOLs que coleccionam sets. Não incluo aqui a actividade redutora de comprar e acumular sets, isso qualquer pessoa pode fazer. Da mesma forma que coleccionar selos é diferente de acumular selos, coleccionar sets não se resume à compra e acumulação dos mesmos. Há todo um processo de classificação, estudo, pesquisa e busca que tornam a actividade extraordinariamente interessante. Lembro-me sempre do espanhol Rick83 e da sua pasta no BrickShelf e é também de recordar a exaustiva classificação dos primeiros sets LEGO por Gary Istok, como bons exemplos do que pode ser um coleccionador de sets LEGO. Só não me dedico mais a esta faceta do hobby porque teria que despender ainda mais dinheiro na concretização do hobby.

Mas esta faceta do hobby LEGO é exactamente aquela que se encontra no coleccionismo de outros brinquedos e outros objectos. Restringir o hobby LEGO ao coleccionismo é extremamente limitador do que o hobby pode realmente ser. O brinquedo LEGO já se distingue da maioria dos outros brinquedos pela sua capacidade de se transformar num “brinquedo novo todos os dias”(2), então o hobby também deverá  explorar essa capacidade de transformação.

Podemos então começar a falar na construção de MOCs. A concepção de um MOC em LEGO é essencialmente a razão  principal para me ter tornado AFOL. Ter uma ideia, passá-la para peças LEGO, jogar com as limitações e possibilidades das milhares de peças LEGO para conseguir compor o que pretendo sem no entanto recorrer a “batotas”, é uma das actividades de onde retiro mais prazer. É mesmo nessa actividade que o hobby mostra toda a sua riqueza, basta para isso navegar no BrickShelf e no The Brothers Brick (ou noutros sites sobre o assunto), para qualquer pessoa ficar maravilhada com o resultado daquilo que os AFOLs podem fazer com peças LEGO. São essas mesmas maravilhas que tornam o hobby LEGO único e especial.

Como em todas as actividades humanas, quando uma actividade começa a crescer, vão também prosperar outras acções paralelas que só tornam essa mesma actividade mais rica e dinâmica. Temos livros sobre técnicas de construção, temos reviews de sets, temos eventos e convenções, temos revistas, temos concursos, temos jogos, temos uma infinidade de possibilidades que tornam o hobby LEGO num dos mais dinâmicos que conheço. Para provar isso, basta fazer uma pesquisa de imagens no Google sobre um qualquer assunto (de preferência em inglês). No meio do resultados da pesquisa é normal aparecer uma qualquer construção LEGO.

Mas voltando ao significado de ser um AFOL, como é que uma pessoa sabe quando é um AFOL? Acho que quando o sentir. A própria constituição da sigla indica isso. Um Adult Fan Of LEGO é um fã, e um fã é no fundo, um admirador. E o acto de admirar é pessoal, portanto só o próprio é que o pode definir e avaliar.

Mas um admirador de quê, da empresa LEGO ou do brinquedo que ela fabrica? A ambiguidade desta sigla já levou a alguns adoptarem a designação de ALE (Adult LEGO Entusiastic). Como digo acima, coleccionar LEGO é uma faceta do hobby, mas o que torna este hobby único é mesmo a possibilidade de construir.. e isso é relativamente independente da empresa.

Quando me tornei AFOL era estudante, por isso o orçamento para o hobby era bem limitado. Todos os conjuntos que comprava (incluindo algumas raridades dos anos 80) eram invariavelmente abertos, montados e posteriormente divididos para peças. Todas as compras eram estudadas tendo em conta a maximização da utilidade das peças adquiridas. Agora tenho a sorte de ter um emprego, o que facilita a aquisição de peças e sets e que minimiza também o cuidado na escolha, podendo mesmo pensar em investir a longo prazo. Mas ter mais peças acumuladas em casa, faz de mim mais AFOL? Seria no mínimo estúpido calcular o meu amor ao hobby por uma característica externa ao mesmo, o dinheiro disponível para o hobby.

Por vezes sinto mesmo nostalgia de quando tinha poucas peças e tinha que construir um determinado MOC, com grandes limitações. O jogo de utilizar uma pequena variedade de peças era mesmo bastante desafiador. Como compreendo quando um novo AFOL chega ao hobby e sente-se extremamente limitado por falta de peças. Principalmente agora em que é inundado de bons MOCs por todos os lados, coisa que já não era tão vulgar quando comecei.

Claro que agora a facilidade de arranjar a maior parte das peças não torna a construção mais fácil.. mas sim diferente, com desafios diversos. Temos que conhecer mais peças e as formas em que elas interagem. Estamos atentos ao que se faz e das últimas correntes. Isso também torna o hobby interessante e enriquecedor.

A partilha de imagens de MOCs é outro dos pontos fortes deste hobby. Aliás, duvido que este hobby tivesse a projecção que tem se não fossem os AFOLs mostrarem o que constroem. Esta é provavelmente a maior publicidade que a própria LEGO pode ter.

Por isso ser AFOL também passa por mostrar o que se faz.

Por vezes pergunto-me porque gasto imenso tempo com actividades de divulgação deste hobby. Acho que é mesmo para dar a entender que ele não se limita a amontoar conjuntos/peças lá em casa. O interesse deste hobby vai muito além disso, basta saber procurar na Internet para nos maravilharmos!

 

LBaixinho

(1)por favor, se não estão familiarizados com algumas palavras e siglas, consultem a Wiki0937 (link).
(2)Havia um spot publicitário da LEGO que continha mais ou menos esta expressão.


Publicado por baixinho às 11:27
Link do post | Comentar | Ver comentários (5) | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 22 de Abril de 2009

Concurso: enriquece a Wiki0937!

 A Comunidade 0937 acaba de lançar um concurso, desta vez em torno dos contributos para artigos na Wiki0937. Todos são convidados a participar com os seus conhecimentos, por forma a partilhar informação o mais rica possível sobre LEGO. E como bónus suplementar, aperfeiçoam-se as qualidades de escrita em português.
As regras desta competição podem ser consultadas aqui.
Escreve bons artigos e ganha um prémio!


Publicado por baixinho às 16:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

.Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
17
18

23
26

27
28
29
30
31


.Tags:

. mocs alheios(279)

. comunidade 0937(260)

. sets(213)

. mocs(127)

. eventos(120)

. lego(118)

. curiosidades(98)

. legoficina(88)

. cidade(67)

. concursos(65)

. reviews(56)

. vídeos(55)

. fotografia(52)

. wip(52)

. espaço(51)

. set(50)

. sites(50)

. medieval(48)

. flickr(47)

. blogs(46)

. todas as tags

.O meu próprio tema:

OutroMundo

.Arquivos:

.Fotos no Flickr!

www.flickr.com
This is a Flickr badge showing photos in a set called MOCs. Make your own badge here.

.Contador


Stats

.pesquisar

 

.subscrever feeds

.Aviso:

Este blog não é apoiado nem patrocinado de alguma forma pela empresa LEGO. Podem visitar o site oficial da LEGO em www.lego.com