Sexta-feira, 28 de Março de 2008

Visão geral dos conjuntos Castelo de 2008

Em 2008, Portugal assistiu ao regresso do tema Castelo às prateleiras nacionais. Fora os Impulse e os dois dos sets do ano passado que irão regressar em Setembro temos 5 conjuntos principalmente versados no conflito entre anões e trolls. Fiz a review para cada um deles e podem a ler seguindo os links: 7036, 7037, 7038, 7040 e 7048.

Como na altura não tive tempo/paciência para fazer umas fotos, fica agora um apanhado geral dos cinco conjuntos.



Os cinco conjuntos até ocupam um espaço razoável. Desta forma também dá para verificar que o barco de guerra troll até tem um tamanho apreciável.





Uma grande curiosidade para mim eram os trolls gigantes. Gostei bastante deles apesar do pequeno problema de a clava não chegar mais longe que a própria mão... pois, a mão e a ponta da clava estão à mesma distância do eixo (ombro).



Também gostei do dragão.. apesar de ter preferido uma versão um pouco mais pequena. Sei que tanto o dragão como o troll gigante são ponto de discórdia entre os AFOLs. Pessoalmente prefiro-os assim em vez de versões technic ou em bricks. Se não fosse assim, até os cavalos seriam em brick... e os dragões/technic dos vikings não me deixam saudades. Acho que continuam com o aspecto LEGO-like (tal como os próprios cavalos).



Aqui fica uma imagem de alguns trolls. Dá para perceber a diferença entre os capacetes utilizados no 7036 e nos restantes conjuntos. Dá para ver também a nova armadura que um dos trolls utiliza.



O ponto alto destes conjuntos é sem dúvida a Mina dos Anões. Além de uma jogabilidade excelente possui bons pormenores como este vagão.



Aqui fica uma imagem da traseira da mina.



E aqui da frente.



A traseira datorre-prisão.



E aqui após terem derrubado a parede. O soalho do primeiro andar é desfeito e o prisioneiro "escorrega" para fora. Claro que na imagem tive que colocar as coisas perto da torre.. porque até vão para longe Smiley



Aqui está a traseira da torre de assalto (um pouco desfocada). Dá para perceber tanto o mecanismo do aríete como o da extensão da ponte. Porreiro também é ser bastante espaçosa.



O barco de guerra troll é bem grande.. mas um pouco despido.



E aqui estão todos os trolls. São 14 e 3 gigantes.



E aqui os bons em toda a sua glória... hummm, mas são tão poucos. 6 anões (só!), 5 homens e um dragão.

No geral gostei e em conjunto algumas das construções fazem mais sentido. Pena haver tão poucos anões e algumas das opções não terem sido as melhores (aquelas "lanchas" ainda não me caíram no goto). Pena também que haja só duas barbas e dois capacetes para os anões... pior ainda é que uma das barbas só existe numa cor e a outra em duas. Capacetes as duas versões existem em duas cores.. a ver se no futuro nos reservam mais cores, visto que não espero que façam versões diferentes.

Mais imagens nesta pasta do Brickshelf.

LBaixinho

Publicado por baixinho às 11:09
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 26 de Março de 2008

Review do 7037 - Assalto da Torre

Referência: 7037
Nome: Assalto da Torre
Tema: Castle
Ano de Edição: 2008
Número de Peças: 364
Preço LEGO®:29,95
Preço por peça: 8,2 cêntimos
Dados de compra: MiniÂncora, Março de 2008
Instruções: Dois livros A4 de 32 páginas
Autocolantes: Não
Minifigs: 5
Modelos alternativos: Não
Lista de peças: Sim


 
As peças
Pouco mais de 8 cêntimos por peça num tema em que a média é invulgarmente alta, até é um bom ponto. Além disso o número de peças mono-utilização até é relativamente baixo. Só tem um castle panel (4444)e uma peça de ameias (6066). Esta característica só é estragada com as quatro grandes rodas (55817). De resto o conjunto possui uma boa variedade de peças.
Quanto às cores, o azul-escuro e o castanho-escuro marcam a sua presença com 5 peças diferentes cada um. No entanto o castanho-escuro tem uma quantidade apreciável (41 peças) e peças de fácil utilização.
Temos também 5 minifigs. 2 dos quais são soldados com torsos diferentes e um deles tem uma das muito úteis cabeças com duas caras. Os restantes três são guerreiros troll sendo um deles o chefe que merece uma armadura e um torso diferente. Olhando bem, tanto a armadura como os capacetes podem ser utilizados noutros contextos, como por exemplo numa espécie guerreira extraterrestre qualquer.
Quanto aos acessórios temos armas para todos. Uma besta e respectiva aljava para um dos soldados, espada e escudo para o outro. Para os guerreiros troll temos um escudo e espada troll para um e uma espada para o chefe. O prisioneiro tem uma das novas algemas que aparecem nos novos sets polícia. Em cinzento claro passa bem por grilhetas. Ainda temos um machado e as grandes peças que já não me lembro do nome.


A construção
Está dividida em 4 fases (saquetas), duas para cada livro de instruções. Por acaso até me deu jeito porque estava a fazer numa mesa relativamente pequena e assim tive espaço para tudo. Cada passo tem a lista de peças necessárias, pena que são vários em que só seja necessário uma ou duas peças...
Só achei que a explicação da colocação do fio não está lá muito bem conseguída.


O desenho
Basicamente temos duas construções. A torre prisão e a torre de assalto.
A torre prisão possui 4 pisos. No primeiro temos a entrada e a parede que “cai”. Não existem as outras duas paredes e se no início achei estranho, depois de montado percebi que até dá jeito para a jogabilidade do mecanismo da parede e chão do primeiro andar. Notei também a falta das cenouras negras para segurar no fogo. O primeiro andar é a prisão propriamente dita e tem um chão que de desfaz quando a parede do rés-do-chão é atingida. Ao desfazer-se o prisioneiro cai e “escorrega” para fora da torre. Mecanismo é simples e bem conseguído. Este andar já possui 3 paredes. O segundo andar parece-me o menos conseguído visto que tem que possuir uma “entrada” para a ponte da torre de assalto. Tem também uma mesinha com uma “pedra” para ser roubada. O quarto piso é simples e cumpre a função. Tem dois “mísseis” que acho que nem a desculpa da jogabilidade chega para os justificar.
A torre de assalto tem três pisos. No primeiro encontra-se o aríete que serve para “destruir” a parede da torre prisão que activará a fuga do prisioneiro. Este aríete está seguro por peças technic e tem um elástico para o ajudar. Pena que este elástico saia muito facilmente do sítio. O segundo piso tem uma ponte que avança puxando um fio. O mecanismo é simples e funcional e bate certo com o segundo andar da torre prisão. O terceiro e último piso é simples e serve mais para o transporte e vigia. Achei estranho a colocação das tiles 1x6 castanhas que servem de tábuas. Só estão seguras numas das pontas.
Outro ponto desconcertante é a tracção da torre de assalto. A inclusão de um troll gigante seria óptima, mas percebe-se que facilmente o set sairia do preço objectivo. Assim poderia ter pelo menos as pegas ou algo que um troll gigante pudesse pegar para empurrar.
No início achei que a torre prisão um pouco pobre, mas pensando bem no PPP cheguei á conclusão que para melhor o set teria que avançar para outro patamar nos preços.


Jogabilidade
Excelente. Não se baseia somente numa luta entre duas facções dando a uma delas dois objectivos diferentes. A captura de uma pedra e a libertação de um prisioneiro. A inclusão de mecanismos (a libertação do prisioneiro com a queda da parede, o aríete e a ponte) aumenta em muito a jogabilidade do set. temos também bastantes minifigs para ajudar a festa. Pena não termos nenhum anão ou troll gigante.


Outros
Achei o nome (pelo menos o português) do conjunto muito pobre, acho que facilmente poderiam ter achado uma solução melhor, mais apelativa e elucidativa. Outro ponto negativo é a não inclusão de construções alternativas. Este conjunto possui peças em variedade de forma e cor que de certeza daria para várias construções interessantes. Continua a haver algumas falhas na qualidade das peças.. coisa que o desenho deste conjunto não tem “culpa”.. mas também não ajuda.


Conclusão
Este poderia ter sido um grande conjunto se tivesse um preço mais elevado. Aquela torre parece ser o mínimo possível, maior seria com certeza muito melhor. Mesmo assim temos um set bem desenhado, com peças interessantes e uma jogabilidade óptima, tudo com um PPP bom.


Brickset: 7037

Publicado por baixinho às 17:08
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 25 de Março de 2008

Review do 7038 - Vagão de Assalto Troll

Referência: 7038
Nome: Vagão de Assalto Troll
Tema: Castle
Ano de Edição: 2008
Número de Peças: 161
Preço LEGO®: 19,95
Preço por peça: 12,4 cêntimos
Dados de compra: MiniÂncora, Março de 2008
Instruções: Livro com 36 páginas
Autocolantes: Não
Minifigs: 4 – 2 guerreiros homens, 1 guerreiro troll e 1 troll gigante
Modelos alternativos: Não
Lista de peças: Sim


 
As peças
12,4 cêntimos por peça não é lá muito tentador, principalmente pensando que não há peças grandes nem extremamente raras exceptuando talvez o troll gigante. A existência de mais um minifig ou mesmo um cavalo talvez compensa-se um pouco este PPP.
Os minifigs possuem todos os acessórios necessários, mas julgo que uns escudos seriam também bem-vindos.
Como disse antes, a nível de peças não há raridades dignas de nota. Isto se não contar que uma das bandeiras está curvada ao contrário e que não existe referência a isso no Peeron e no Bricklink.
O troll gigante tem a pintura um pouco fora do sítio, nada de preocupante, mas poderá indicar que o método de “pintura” utilizado pode não ser à prova de falhas.
Pessoalmente não gosto muito da grande quantidade de peças technic em conjuntos system. Podem estabilizar em muito o desenho da arma, mas se desmontar-mos para construir outra coisa qualquer, são de uma limitação enorme.


A construção
Simples e sem qualquer complexidade de maior. No entanto as partes technic poderão ser um pouco difíceis para o limite inferior do público-alvo.


O desenho
Um vagão de guerra daquele tamanho contra uma carrocinha puxada por um cavaleiro pode parecer ridículo. Um cavalo a puxar a carroça teria aumentado em muito o aspecto. A carroça cumpre a sua função, apesar de achar demasiadamente simples. O vagão de guerra limita-se praticamente ao engenho de disparo já encontrado em alguns sets viking. O fato de ter um troll a puxar com uma coxa de frango como isco é um ponto engraçado. Outro ponto interessante é que a base do vagão não fica na horizontal.


Jogabilidade
Temos a representação das duas facções e isso já incentiva a jogabilidade. O engenho de disparar também o ajuda... mas mesmo assim acho que fica um pouco aquém. Talvez seja o facto de este set pouco inovar. No entanto e apesar de os bons aqui serem representados pelos cavaleiros, este set é ideal para se juntar ao 7036 e 7040.


Outros
Incrível, o Livro de Instruções não cabe na caixa a menos que esteja ligeiramente dobrado. Nada de outro mundo e como não é vincado facilmente fica liso de novo.

Conclusão
O preço por peça não ajuda muito na classificação final deste conjunto. Tem muito o ar de faltar qualquer coisa. Seja um cavalo para puxar a carroça, seja uns escudos, seja mais um guerreiro troll ou seja um vagão mais pormenorizado. A jogabilidade é aceitável, mas muito “mais do mesmo”. Apesar de só não ser significativo, acredito que em conjunto com o 7036 e 7040 as coisas não fiquem tão mal Smiley


Brickset: 7038
Inventário Peeron: 7038

Publicado por baixinho às 17:07
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 24 de Março de 2008

Review do 7048 – Barco de Guerra Troll

Referência: 7048
Nome: Barco de Guerra Troll
Tema: Castle
Ano de Edição: 2008
Número de Peças: 493
Preço LEGO®:69,95 €
Preço por peça: 14,2 cêntimos
Dados de compra: MiniÂncora, Março de 2008
Instruções: Dois livros a4, um com 48 páginas e outro com 32
Autocolantes: Não
Minifigs: 9 – 1 cavaleiro, 1 anão, 6 guerreiros troll e 1 troll gigante
Modelos alternativos: Não
Lista de peças: Sim


 
As peças
14,2 cêntimos por peça! Invulgarmente alto para um conjunto de um tema não licenciado. Mas olhando bem para o conjunto temos algumas peças especiais e grandes. As peças que compõe o casco do barco, os mastros, dois barquitos, as peças do dragão e do troll gigante. Mesmo assim, não sei se o PPP é justificado.
A nível de minifigs temos 9. Um cavaleiro retirado dos sets castelo do ano passado; um anão com uma combinação capacete e barba que não existe em nenhum dos outros sets, apesar de as peças já existirem nestas cores; um troll gigante igual ao do conjunto 7038; 6 guerreiros trolls, um deles com armadura e capacete noutra cor e havendo dois tipos de torsos, três de cada. Só o anão e um dos trolls é que não possuem arma, apesar de existir algumas na construção que poderão ser utilizadas por eles. Existem 4 escudos do trolls na embarcação que poderão ser também utilizados.
Existe também o dragão, que pelo que me parece só difere dos lançados no ano passado pela cabeça e cores. Gosto bastante mais dele que as versões bionicle que existiam no tema Vikings. Eu sei que assim fica a ser de mono-utilização, mas também é verdade que não estou a ver os miúdos a fazerem alguma coisa com as peças que compunham os dragões vikings. Só peca por ser demasiado grande. De salientar o pormenor das garras posteriores que são diferentes e assim “agarram” peças diferentes.
A salientar também as peças em castanho-escuro, em variedade e quantidade interessante. Parece-me que esta será uma cor que não se limitará a algumas peças como aconteceu com tantas outras.
Uma boa novidade é a nova porta para celas. Possui uma moldura que é utilizada em outras situações e que me parece um pouco frágil. Substitui bem a anterior que era enorme.
Estranhei que uma das peças a mais fosse um remo...
De qualquer modo, acho que fiquei desolado ao abrir a caixa e depois de retirar as peças soltas (velas e peças grandes) ter ficado com somente 4 saquetas.


A construção
Simples mas com alguns pontos desconcertantes. O rato e a clava aparecem na primeira saqueta para só serem colocados na construção muitos passos à frente. Existe também um passo que mostra uma peça que só é colocada no passo seguinte. Outro ponto e que já acontecia no 7038 é o livro de instruções mostrarem a colocação das mãos dos trolls gigantes e elas já virem montadas. Isto no 7036 já não acontece, as mãos vem separadas dos braços.
De resto é uma construção simples dividida em 4 saquetas. As três primeiras fazem parte do primeiro livro. Todas elas são de fácil seguimento.


O desenho
O barco de guerra até está melhor conseguido do que esperava. A popa era um ponto que me preocupava e até está feita de forma interessante. Gosto do aspecto geral, da forma e do tamanho.. mas acho que ainda lhe falta muito. Podiam ter colocado mais detalhes e mais alto para o tamanho que tem. Se o segundo aspecto poderia mexer no preço final, acho que o primeiro poderia ser concretizado sem custos de maior. Por exemplo o castelo é de uma pobreza extrema, nem a roda do leme possui, quanto mais sala dos mapas ou algo parecido. O resto do navio não é elevado, como acontece com o 7018, o que dá a sensação de vazio. A proa do navio está boa.. só falta agora uma embarcação dos “bons” para ser abalroada Smiley
Um pormenor que me desiludiu imenso foi a inclusão de duas “lanchas”. Ambas sem remos e com uma forma de se agarrarem ao navio um pouco “esquisita”. Pormenor este que achei completamente deslocado e que em nada beneficia o conjunto.
O dragão e o cavaleiro cumprem a sua função e pouco melhor se poderia fazer, limitado que se estava aos dragões do ano anterior.
No geral achei um desenho pobre para o preço sugerido


Jogabilidade
Duas facções e o objectivo de uma delas é libertarem um prisioneiro. Além disso temos a balista para defender a embarcação. Ok que já foi vista em outros sets mas cumpre a sua função. Temos também dois (!) locais de aprisionar os minifigs. Uma rede pendurada no mastro traseiro e uma cela a meio do navio. Dá para retirar o tecto do castelo da popa para revelar um insignificante rato (!). A inclusão de duas “lanchas”poderia ter aumentado a jogabilidade... mas parecem-me demasiado deslocadas para serem uma característica positiva. A quantidade de minifigs também ajuda, mas além disso temos pouco mais. Comparado com os conjuntos imediatamente mais baratos da linha (7036 e 7037), a jogabilidade é relativamente pobre.


Conclusão
Se este set tivesse um preço mais razoável ou mais peças muito provavelmente a minha opinião seria bem diferente. A concretização de uma ideia interessante foi fraca, o que tenho pena. A LEGO poderia ter feito esquecer a falta do tema piratas com este set, mas assim não só o não fez como até fico com receios a um possível lançamento de sets piratas...
No geral temos o ponto favorável nos minifigs, tamanho do navio e algumas peças interessantes. Temos o contra do PPP elevado, de um desenho “despido” e fraco e alguma falta de jogabilidade.


Brickset: 7048
Inventário Peeron: 7048

Publicado por baixinho às 17:05
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 20 de Março de 2008

MOC: OutroMundo: A9 - Ornithopter



Baseado no trabalho que fiz com o A6-Firefly (que até deveria ser Dragonfly..) fiz este Ornithopter.



O piloto controla a direcção do veículo com pedais e as alavancas servem para os motores (asas e hélices). Adaptei a forma como os pedais funcionam por causa do comprimento do fio. Assim eles accionam a cauda inteira.. o que o torna ainda mais "estranho" Smiley



Pensei nele como um pequeno helicóptero, mas com asas.

Mais imagens nesta pasta.

LBaixinho

Publicado por baixinho às 07:21
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 16 de Março de 2008

Portal LUG Brasil já funciona!!

 
O portal do LUG Brasil já está a funcionar em conjunto com um novo fórum para a comunidade brasileira! O endereço é http://portal.lugbrasil.com/.

LBaixinho

Publicado por baixinho às 18:36
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 9 de Março de 2008

Review do set 7040 - Defensor da Mina dos Anões

Referência: 7040
Nome: Defensor da Mina dos Anões
Tema: Castle
Ano de Edição: 2008
Número de Peças: 86
Preço LEGO®:9,95€
Preço por peça: 11,5 cêntimos
Dados de compra: MiniÂncora, Março de 2008
Instruções: Livrinho com 24 páginas, quase do tamanho A5
Autocolantes: Não
Minifigs: 3, 1 Anão e dois Guerreiros Troll
Modelos alternativos: Não
Lista de peças: Sim


 
As peças
11 cêntimos e meio por peça não é lá muito tentador, mas depois de ver o PPP dos restantes conjuntos Castle vejo que até está na média.
Tráz um anão, que infelizmente tem uma combinação capacete/barba já existente no 7036, apesar com torso e cabeça diferente. Os guerreiros troll possuem a novidade do capacete. Este capacete aparecia nas imagens do protóptipo do 7036, mas aquando da sua edição foi substituído por um capacete mais antigo. Não deveriam estar disponíveis por causa da edição prematura do set.
A nível de acessórios para minifigs é uma desolação. Uma espada troll para um troll e o estandarte (por acaso bem conseguido) para o outro. O anão que se arranje com a catapulta porque arma de mão não tem.
A selecção de peças é a normal para este tipo de catapultas. O balde, algumas peças technic, etc. Saliento as duas correntes, 4 slopes 1x2x3 em castanho, 4 slopes 1x4 em castanho escuro e uma wedge 47759 em castanho.


A construção
Sim e sem sobressaltos. Talvez a parte que possa ser mais chata para os mais novos seja o acerto das lâminas frontais de forma a que não “travem” o sistema.


O desenho
Nem vou comentar o facto de ser mais uma catapulta...
Esta traz duas novidades. As lâminas frontais que são accionadas pelo movimento das rodas e as correntes que servem para puxar e assim accionar a catapulta.
As lâminas frontais não funcionam lá muito bem e experimentei em várias superfícies. De qualquer forma iriam sempre andar à mesma velocidade das rodas.. teria muito mais piada se fossem muito mais rápidas. Também não ficam centradas em relação ao resto da estrutura. A ideia é interessante, a concretização foi péssima.
Das correntes já gostei mais. O problema, ou talvez não, é que assim o projéctil não vai muito longe. O que até pode ser óptimo porque a maior parte dos campos de batalhas até são relativamente pequenos. Assim também não temos estar super-atentos para onde vai para a maldita da peça Smiley.
Na descrição na Shop@Home existe esta afirmação: “It’s up to the clever dwarves to fight back with their mining battle-wagon, equipped with triple spinning blades and a powerful catapult”. Na altura que a li fiquei interessado. Um engenho mineiro preparado para a luta!? Bem, pode ter sido essa ideia no início do desenvolvimento do conjunto. Mas o resultado final não espelha muito isso.


Jogabilidade
Estão representados os dois lados do conflito, mas limita-se muito à acção da catapulta. Tanto a lançar projécteis (melhor dizendo, projéctil porque só vem um) ou a atropelar os coitados dos trolls.
Poderia ter dado uma nota melhor se tivessem colocado mais umas armas para lutas corpo a corpo.


Conclusão
Incompleto é a primeira palavra que me vem à mente com este set. Armas, acessórios, mais um minifig e um sistema melhor para as lâminas funcionarem e teríamos um conjunto muito melhor. Assim torna-se um set quase que dispensável. Bom para quem quer fazer a colecção inteira ou se iniciar nela.. e pouco mais.


Brickset: 7040
Inventário Peeron: 7040

Publicado por baixinho às 16:13
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 8 de Março de 2008

Review do set 7036 – A Mina dos Anões

Referência: 7036
Nome: A Mina dos Anões
Tema: Castle
Ano de Edição: 2007 como exclusivo nos EUA, 2008 para
Número de Peças: 575
Preço LEGO®: 49,95€
Preço por peça: 8,6 cêntimos
Dados de compra: MiniÂncora, Março de 2008
Instruções: Dois livros A4 de 48 páginas cada
Autocolantes: Não
Minifigs: 7 - 4 anões, 2 guerreiros troll e um troll gigante (nomenclatura LEGO)
Modelos alternativos: Não
Lista de peças: Sim


 
As peças
8,6 cêntimos é um preço razoável para um set de um tema não licenciado mas que possui uma gama de peças exclusivas.
Os minifigs são um dos pontos fortes, são sete. Ok que as características deles levem a que sejam de difícil utilização noutros contextos... mas pensando bem, também era difícil o contrário. Utilizar minifigs normais para fazer trolls e principalmente anões não é lá muito fácil. Os anões estão simplesmente perfeitos. Dois capacetes e duas barbas e em várias cores permitem várias combinações. O Troll gigante (que passarei a chamar de “o inofensivo”) está muito bem conseguido. A caracterização está conseguida de forma a continuar a parecer LEGO e conseguir ter um ar ao mesmo tempo de “mau” e engraçado. Também é terrivelmente alto, contando com os cornos tem mais ou menos a altura de dois minifigs. Chamo-o de inofensivo porque ao “bater” com a clava ela não chega mais longe que o próprio punho do Troll...
Quanto aos acessórios temos 2 unidades da nova espada dos trolls, muito bem concebida e não tão grande como as últimas espadas a serem criadas pela LEGO. A clava do troll também é impressionante só pecando por só ter uma forma de a pegar. Se tivesse studs na parte de cima poderíamos aumentar a sua utilização noutras situações sem a descaracterizar muito. Além disso temos machados quanto baste, só duas picaretas (numa mina ?), copos dourados, escudos, uma coxa de frango e até um lindo martelo feito de peças!
Quanto às restantes peças temos algumas incomuns e até mesmo raras. Desde os carris dos comboios antigos, passando pelas portas em verde escuro e chegando a bricks em verde escuro que dão sempre jeito. Temos também direito a 4 BURPs.. mas há que compreender que ajudam em muito a imponência da construção.
Cada saqueta trazia algumas peças extra. Isso é normal, estranhei é que agora traz também cheeses... e assim fiquei com mais 3 cheeses azuis escuro e um verde escuro.


A construção
Dividida pelas saquetas é de fácil seguimento. Estranhei o facto de as instruções de uma das saquetas estar dividida entre os dois livros, não facilitando a divisão entre duas pessoas. Fiquei agradado porque algumas páginas têm mais que um passo e existe a lista de peças para cada um deles.
O resultado das primeiras três partes da construção é modular e poderíamos trocar a ordem se quiséssemos. Mas estranhamente a quarta parte (frente e carris) vai as fixar. Muito provavelmente foi uma ideia que ficou pelo caminho durante o desenvolvimento do conjunto.


O desenho
Imaginar a construção da entrada de uma mina é sempre difícil quando sabemos que não poderemos construir o resto da montanha. Os LEGO Designers tornearam isso focando apenas naquilo que foi construído pelos anões, deixando o resto à nossa imaginação. Acho pessoalmente o desenho perfeito, tudo é aproveitado para melhorar a jogabilidade sem no entanto estragar a imagem.
Temos assim num desenho relativamente compacto uma recta para os vagões; vagões que estão muito bem concebidos lembrando mais uma construção de AFOLs, uma cozinha, trono, catapulta, “cesto-elevador”, portões, “cesto-teleférico”, ferreiro, escorrega, um pequeno circuito para as pedras recolhidas nas minas, etc.
Quanto às cores utilizadas temos os cinzas para a pedra, castanho para a madeira, preto e verde escuro para o metal e um apliques de azul escuro e dourado. Tudo de uma forma coerente e sem ficar demasiado “arco-íris”.
Sim, temos a eterna e dispensável catapulta. Espaço a meu ver que poderia ter sido gasto com algo mais “mineiro”, mas globalmente pouco afecta o desenho geral e pode-se sempre e facilmente retirá-la.


Jogabilidade
Máxima. Temos o conflito entre os trolls e anões que além de possuir os indispensáveis acessórios tem também um objectivo. Anões a defenderem a sua preciosa mina, trolls a atacarem. A própria mina encerra vários locais de combate, com escadas, varandas, vagões, escorregas, teleféricos, elevadores, etc que poderão ser utilizados para cenas de grande variedade e acção.
Em tempos de paz a própria mina é uma grande fonte e brincadeira, assisti a isso mesmo com a Leila que brincou com ela sem recorrer ao conflito. O circuito para as pedras, a cozinha, o ferreiro, etc são mais que suficientes para brincadeiras.
Para os mais adultos a mina não é de fácil encaixe num layout, no entanto é um bom ponto de partida tanto de peças como de inspiração para grandes MOCs. Aliás, durante o CCC V já se viram algumas criações baseadas neste conjunto.


Outros
Peças. Continuam as pequenas diferenças de tonalidade; algumas slopes com rugosidade e outras sem rugosidade. No entanto isso já não acontece entre peças iguais. Preocupante achei os bricks normais com tamanhos ligeiramente diferentes. Quando se faz uma parede nota-se perfeitamente as diferenças- Qualquer um destes problemas não é novidade. Nota-se que já há um esforço da LEGO para serem corrigidos, tanto a rugosidade das slopes como as diferenças de tonalidade já não são tão notórios. Estes pequenos defeitos também só serão notados por quem os procure, duvido que as crianças notem.


Conclusão
Este era um daqueles sets que tinha grande expectativas, principalmente por causa dos anões. Expectativas essas que não foram só completamente satisfeitas como fiquei surpreendido com o resto do conjunto. Jogabilidade, peças, desenho, tudo do meu agrado.
Só não dou a nota máxima pelo problema da qualidade das peças. Problema a que o set em si é alheio.


Brickset: 7036
Inventário Peeron: 7036

Publicado por baixinho às 10:32
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 5 de Março de 2008

MOCs 0937

Apresentei há uns dias uma nova página para a Comunidade 0937:



Local onde estão listados os MOCs apresentados no Fórum 0937.
Agora a ver se começo a fazer mais... que tenho andado muito parado :D

LBaixinho

Publicado por baixinho às 15:35
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 3 de Março de 2008

Catálogo LEGO® Coleccionador

Continuando as comemorações dos 50 anos do brick, a LEGO e a editora Fantasia Verlag GmbH juntaram-se para lançar um catálogo de quase todos os sets LEGO produzidos na Europa, Ásia, Austrália e Estados Unidos desde 1958.
São perto de 800 páginas apresentando 8000 sets por ordem cronológica!
O preço rondará os 23€ será bilingue: Inglês e Alemão.
A data do lançamento ainda não está definida mas tudo aponta para que aconteça em Maio, antes do verão portanto.
O press release aqui.


Tânia Baixinho

Publicado por baixinho às 12:30
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

.Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
17
18

23
26

27
28
29
30
31


.Tags:

. mocs alheios(279)

. comunidade 0937(260)

. sets(213)

. mocs(127)

. eventos(120)

. lego(118)

. curiosidades(98)

. legoficina(88)

. cidade(67)

. concursos(65)

. reviews(56)

. vídeos(55)

. fotografia(52)

. wip(52)

. espaço(51)

. set(50)

. sites(50)

. medieval(48)

. flickr(47)

. blogs(46)

. todas as tags

.O meu próprio tema:

OutroMundo

.Arquivos:

.Fotos no Flickr!

www.flickr.com
This is a Flickr badge showing photos in a set called MOCs. Make your own badge here.

.Contador


Stats

.pesquisar

 

.subscrever feeds

.Aviso:

Este blog não é apoiado nem patrocinado de alguma forma pela empresa LEGO. Podem visitar o site oficial da LEGO em www.lego.com